UOL Bate-papo

  • pessoas online
  • 7.577 salas abertas
  • 378.850 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Andrezza Valentin - 13/12/2005 s 16h00

Andrezza Valentin, artista

Artista falou sobre a exposio "Jogo de Espelhos", em cartaz na Galeria Vermelho, em So Paulo. O trabalho dividido em duas partes: em "Impossibilidade", obra que ocupa a fachada da galeria, e o vdeo "Eu Estou em voc", realizado em 2002, que ocupa a sala de vdeo.

(04:03:30) Carol: oi
(04:06:14) Andrezza Valentin: Primeiro eu queria agradecer o convite do UOL e agradecer a todo mundo que far perguntas. E estou aqui para responder as perguntas de vocs. Eu divido a minha exposio com mais dois expositores. o "Jogo de Espelhos" surgiu num bate-papo com o Eduardo Brando, que um dos scios da Galeria Vermelho - onde est as obras esto expostas. O trabalho utiliza um grande espelho na entrada do prdio. Eu trabalho com a relao do jogo de imagens que os espelhos produzem.
(04:06:16) Carol: pq vc deu esse nome "Jogo de Espelhos"?
(04:10:25) Andrezza Valentin: Carol, gosto do conceito de arte como um jogo de imagens, em que os espectadores podem participar. As obras expostas na Galeria Vermelho so espelhos nos quais as pessoas tentam se projetar nestes espelhos. E um dado interessante: dois bonecos ltex esto abraados, que tm as propores humanas, esto conectados pelos braos, mas um est no lado de dentro e outro no lado de fora da galeria. E o que os divide um espelho. Os bonecos esto centralizados diante deste espelho. E este o "jogo". O pblico, quando olha, no sabe se est olhando o mesmo boneco, se reflexo, o boneco est dentro da galeria... O pblico, ao ver a minha obra, me ajuda a fazer o trabalho acontecer.
(04:10:34) ma non troppo: vi seu trabalho na galeria vermelho e gostaria de entender o significado dos bonecos?
(04:13:03) Andrezza Valentin: ma non troppo, eu gosto muito da imagem dos bonecos. Como disse, os bonecos tm propores humanas, que simulam pessoas... Mas no tm detalhes como cabelo, rostos... E isso faz parte da obra. Queria que as imagens lembrassem pessoas mas no com tanta perfeio. E existe mais um detalhe: o boneco que est fora da galeria, vai se deteriorando. Esta ao da natureza em cima do ltex mostra um pouco da decadncia que as pessoas passam.
(04:13:03) luisa: Quanto tempo voc levou pra elaborar este trabalho? e o que este vdeo?
(04:15:53) Andrezza Valentin: luisa, o trabalho da entrada da galeria a continuao de um trabalho que j venho criando desde 2003. Estes bonecos, em especial, foram criados no comeo do ano. Mas a forma humana algo que me interessa muito. O vdeo mostra uma boca com um caco de vidro girando. bem indefinida esta imagem.
(04:15:59) carol: Vc teve alguma base p surgir a ideia d jogo de espelhos?
(04:18:00) Andrezza Valentin: Carol, "Jogo de Espelho", no... Mas o nome j vinha pensando h um certo tempo. As obras foram baseadas em muitos textos filosficos que um grupo de estudo, no qual fao parte. O "Jogo de Espelhos" surgiu, em especial, de um texto de um filsofo alemo chamado Gadamer.
(04:18:01) luca: O vdeo um complemento do Jogo do Espelho, ou uma obra pode ser vista independente da outra?
(04:19:21) Andrezza Valentin: luca, no. As obras so separadas. At porque so obras feitas em pocas diferentes. Podemos fazer milhes de interpretaes, por isso acho que as obras podem se intercalar. Vejam s: os bonecos so rplicas humanas sem detalhes, enquanto a boca um detalhe em close.
(04:19:42) luca: Como voc comeou a se interessar por arte?
(04:21:02) Andrezza Valentin: luca, eu gosto de arte desde que me conheo por gente. Aos 10 anos de idade comecei a estudar desenho. Minha av, que era modista, me ensinou a desenhar. Fiz Artes Plsticas, fiz colegial tcnico de Artes Grficas...
(04:21:24) gui: Voc j est preparando alguma outra instalao?
(04:22:42) Andrezza Valentin: gui, eu j tenho algumas idias. Tenho um projeto que preciso viabilizar. Quero fazer algo com gelo... Sempre tem alguma coisa.
(04:22:45) Admirador de Artes: Voc pretende expor seus trabalhos em outros lugares do Brazil?
(04:24:30) Andrezza Valentin: Admirador de Artes, com certeza. S preciso de um convite. Acho que o mais interessante poder levar seus trabalhos para outros lugares. Eu moro em So Paulo, por isso mais fcil viabilizar as coisas por aqui.
(04:24:35) gui: Quais artistas contemporneos voc mais aprecia?
(04:27:08) Andrezza Valentin: gui, dos brasileiros, gosto demais do Nuno Ramos, Carmela Gros. Internacionais, adoro Christian Boltansnki e tambm da artista Marina Abamavich. Mas, na verdade, esta lista bem longa.
(04:27:34) fulano: no que voce se inspira para realizar seu trabalho?
(04:28:45) Andrezza Valentin: E quem quiser ver as minhas obras, visitem a Galeria Vermelho, que fica na Rua Minas Gerais, n. 350. No bairro de Higienpolis, em So Paulo. A Galeria Vermelho funciona das 10h30 s 19h. Aos sbados, das 10h s 17h.
(04:28:47) Hany: O que vc acha que precisa para acabar com o corredor RIO SP das artes psticas?
(04:31:22) Andrezza Valentin: fulano, eu tenho uma pesquisa. Todos os meus trabalhos tem o tema morte. No vejo a morte como um fim, mas uma transformao. Os dois corpos que esto ligados, nesta minha instalao, mostra que dois corpos ficam ligados, embora um viver mais que o outro. Recentemente, montei uma instalao com roupas congeladas, que para mim o que as pessoas sentem quando se deperam com os objetos pessoas de algum que morreu: como se os objetos, o instante ficasse congelado.
(04:31:37) carol: HA QUANTO TEMPO VC PLANEJAVA FAZER O JOGO DE ESPELHO
(04:33:08) Andrezza Valentin: Hany, acho que isso vai mudar um dia. Existe um problema de dinheiro... Existe um pblico formado neste eixo. Para acabar com esta realidade, preciso levar as pessoas fora deste eixo consumidor de artes. Isso j est acontecendo: em Fortaleza e Recife j existe muita produo de arte. A base investimento e educao.
(04:33:13) clocam: Vc recebe algum tipo de patrocnio? Estou comeando e tenho uma cedrta dificuldade financeira de produzir meus trabalhos, tem alguma dica?
(04:34:23) Andrezza Valentin: carol, o trabalho da entrada da galeria comecei a pensa em abril deste ano. A montagem comeou a ser discutida em setembro, outubro... muita discusso. Temos de pensar e repensar bastante antes da abertura da mostra.
(04:36:26) Andrezza Valentin: clocam, eu no tenho patrocnio nenhum. Trabalho como disigner, de onde eu tiro o meu dinheiro. Patrocnio para pessoa fsica so bem difceis no Brasil. No h o conceito de incentivar financeiramente o artistas. Jovens artistas quase no conseguem viver de arte.
(04:36:28) carol: deu muito trabalho?
(04:37:32) Andrezza Valentin: Carol, na vardade, por incrvel que parea, deu muito menos trabalho que imaginava. Levei uns trs meses para fazer os bonecos. Digo que este foi bem tranquilo. A montagem aconteceu em quatro dias... Isso porque tivemos de furar parede...
(04:37:53) henrique: Suas obras sao em realistas e muito atraentes pelo fato de serem muito " brasileiras ". q tipo de inspirao vc aspira no campo musical ?
(04:40:26) Andrezza Valentin: henrique, eu sou muito mais visual que auditiva. Acho que nunca fiz um trabalho inspirado em msica... E olha que estudei msica por um certo tempo.
(04:40:28) MSR: A falta de patrocnio se deve tambm pelo baixo retorno, ou no??
(04:42:07) Andrezza Valentin: MSR, com certeza! Mas isso tambm vem da falta de conscincia em incentivo cultural. um ciclo vicioso: as pessoas no investem em arte, o pblico tem pouco a consumir, por isso pouca gente vai s exposio, por isso investidores no se sente atrados...
(04:42:09) esculturor rookie: at onde o design influencia sua arte? como vc administra o lado pragmatico e frio do design com a arte?
(04:44:07) Andrezza Valentin: esculturor rookie, eu no gosto de colocar o design como pragmtico. Eu repensei isso... O design me ajudou muito na arte, e vice-versa. Comunicar-me com as pessoas est muito mais solto no design quanto na arte. No design eu no tenho certas preocupaes que tenho na hora de fazer arte. E digo que as artes plsticas me ajudam na produo grfica no quesito liberdade.
(04:44:08) Prow: que outros materiais vc j trabalhou esculpindo
(04:46:12) Andrezza Valentin: Prow, eu nunca esculpi. S na faculdade. Eu sempre trabalho com materiais industriais, como ferro. No entanto, j trabalhei muito com areia, gelo e espelhos enormes.
(04:46:24) clocam: O artista plstico ao meu ver o mais prejudicado em relao a outras manifestaes artsticas, pq os artstas plsticos, naum tem tanto acesso, a lei de incentivo a cultura,?
(04:50:14) Andrezza Valentin: clocam, sim. Est certo... As pessoas que esto na Cultura no vm das artes visuais. Mas a culpa nossa. Somos uma turma que no se organiza. Sei que algumas leis, parmetros, esto sendo estudados. Os msicos, por exemplo, so muito mais organizados que os artistas plsticos. Estamos pagando o preo da nossa indivudialidade. Tenho uma opinio: a arte no profisso para alguns. J o msico e o escritor, por exmeplo, no pensam assim.
(04:50:25) esculturor rookie: a tcnica lhe d liberdade de criao por possibilitar realizar tais imagens certo? o design ento serve apenas como um filtro? tipo, para vc pode tornar mais comunicvel e menos pessoal? ou existe um estilo dentro do design?
(04:52:17) Andrezza Valentin: esculturor rookie, dentro do meu design existe um estilo, tambm. Acho que um trabalho no filtro do outro. Fiz um trabalho de animao baseados em cacos de espelhos. E a partir deste trabalho, percebi como o design e as artes plsticas se complementam.
(04:56:30) Andrezza Valentin: Queria agradecer a todos que participaram do papo, e quem quiser venham ver a minha obra na Galeria Vermelho. Fiquei contente em saber que tanta gente participou do papo.
(05:06:31) Adriana/UOL: O Bate-papo UOL agradece a presena de Andrezza Valentin e de todos os internautas. At o prximo!
Produtos UOL
Antivrus
Backup
Assistncia Tcnica