UOL Bate-papo

  • pessoas online
  • 7.577 salas abertas
  • 378.850 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Alexandre Rossi - 19/08/2008 às 17h00

Especialista em comportamento animal e adestramento participou do Bate-papo para esclarecer dúvidas dos internautas sobre tratamento, cuidados e adestramento dos bichinhos de estimação. Autor de alguns livros sobre cães e gatos, Rossi é também colaborador de diversas revistas, idealizador e responsável pelo projeto "Cão Cidadão" e treina as mais variadas espécies de animais para participações em comerciais, filmes e programas de TV.

  • Assista vídeo com dica do adestrador
  • Visite UOL Bichos
  • Assista à íntegra do papo:


  • (05:15:19) Alexandre Rossi: O problema de tempo só foi piorando conforme eu tentei resolver. Escrevi o meu primeiro livro ("Adestramento Inteligente") porque não estava dando conta das consultas de comportamento e adestramento. O livro está completando dez anos e está cada vez mais difícil de administrar. Hoje a minha equipe é de 30 pessoas, assim consigo dividir um pouco este serviço com animais tão problemáticos que tem por aí.

    (05:16:15) Alexandre Rossi: Os problemas com os animais se baseiam na interação do dono com o animal. Quando damos consulta a impressão que se tem é a de que o problema é o dono. Me perguntam se estou lá para adestrá-los. E eu explico que os donos não são os culpados, mas a solução está neles. Pois ao mudar o seu comportamento, de tabela mudará a comportamento do bicho. Olhando desta forma o culpado é a pessoa, mas no fundo é a interação de duas personalidades, de dois temperamentos.

    (05:04:37) Joe: Olá gostaria de saber como faço para meu cão me obedecer sem bater nele?

    (05:18:47) Alexandre Rossi: Joe, nós adestramos todos os animais sem nunca bater. Assim é tranquilo e mais eficiente, é produtivo e menos arriscado, tanto para o bicho como para você. O que fazemos é usar o reforço positivo, que é descobrir o que o bicho gosta e focar no comportamento correto. Quando se comportarem bem nós os recompensamos. Os cães reconhecem quase tudo como recompensa, mesmo quando fazem cara de coitadinhos. Tive uma cliente que tinha um cão com um espirro crônico, pois quando ele espirrava todos falavam "saúde". Tem cães que a recompensa é sair para passear, são petiscos ou brincar de bolinhas com eles.

    (05:04:43) KehH: Gostaria de saber como faço para ensinar minha cadela a ficar quieta do meu lado e deixe os outras passarem a mão

    (05:21:36) Alexandre Rossi: KehH, se ela for brava, a pessoa que chega deve sempre trazer algo gostoso para o cachorro e você tem que dar uma bronca quando ela rosnar. Se tiver dificuldade contrate um adestrador para ajudar. Depois de um tempo a cadela não irá mais ficar brava e aí você deve elogiar. Em uma sessão nós conseguimos mudar os cães com agressividade e alguns têm até 15 anos. Por mais que eles estejam acostumados a serem líderes, a qualquer hora ele pode deixar de ser. Eles têm o instinto de baixar a bola ar ter alguém com mais chance de liderar.

    (05:06:58) Gisele Caraguá: Alexandre, tenho uma mestiça de Pastor Alemão e vira-lata, pelo que eu sei o Pastor Alemão é um cão protetor de toda a familia, só que minha cachorra nao deixa ninguem chegar perto de mim, ela sempre foi criada solta e convive bem com outros cães, mas é só eu chegar perto que ela quer atacar.Por que isso acontece? Oque devo fazer pra ela parar com isso?

    (05:22:53) Alexandre Rossi: Gisele Caraguá, é um caso típico de um cão ciumento. Todos são, mas quando ele se sente líder do grupo faz a sua vontade prevalecer, quer te proteger e não deixa ninguém chegar perto. Você precisa mostrar liderança e dominância. Além de dar limites, estar preparada para dar broncas quando o cão não respeitar. Eu fiz um quadro sobre cães ciumentos, está no site: www.frontline.com.br.

    (05:15:02) Geovanna/UOL:

    Alexandre Rossi conversa sobre o lançamento do livro "O Segredo dos Gatos" (Divulgação)

    (05:11:43) patricia: gostaria de saber o que faço pra cadela labrador... aprender a me obedecer no ato do xixi e na destruição e tambem no ficar quieta?

    (05:26:16) Alexandre Rossi: patricia, todos vêem os cães quando eles fazem algo de errado, mas temos que tentar focar no que eles estão fazendo certo e recompensar. Há duas maneiras de resolver o problema, um é recompensar as coisas certas e outro é punir as erradas. Quando ele fizer algo certo deve dar a ele algo que ele adore. Como dar um biscoito quando ele fizer o xixi no lugar certo, aí chega uma hora em que ele vai forçar o xixi no lugar certo. Esta é a melhor maneira de iniciar o treino. As pessoas erram ao dar bronca antes de o cachorro entender isso. Como o cão erra mais que acerta, a sua primeira conclusão é de que ele não pode fazer xixi perto do dono. Daí vai fazer xixi quando o dono sai da casa, mas adianta dar bronca quando volta. O ideal é dar bronca na hora que ele está fazendo. Quando os cães são novos eles têm necessidades. Então é preciso criar coisas para ele destruir, se gosta de ossinhos espalhe pela casa. Também pode colocar o brinquedo no congelador para aliviar a dor dos dentes.

    (05:11:48) Joe: O cão tem fase de estresse?

    (05:26:35) Alexandre Rossi: Joe, sim e é muito parecido com o dos seres humanos.

    (05:11:58) dani: oi alexandre, tudo bem? meus gatos moravam em apartamento, agora moramos em uma casa e eles vivem fazendo coco e xixi no quintal. ja tentei usar aqueles repelentes de pet shop, mas nao funcionou. vc tem alguma sugestão para resolver o problema?

    (05:29:12) Alexandre Rossi: dani, adoro gatos. Quando escrevi o livro "Os segredos dos Gatos" me disseram que eu troquei de time, mas não é isso. Então o que você quer é que eles não usem o quintal como banheiro. Isto não é difícil, é possível colocar uma tela para a grama crescer em cima. Também deve-se procurar entender o que eles mais gostam deixando as caixas de areia no lugar o mais gostoso possível para eles. Outra coisa é dar uma esguichadinha de água quando estiverem fazendo em um local errado, só para causar um desconforto.

    (05:31:04) Alexandre Rossi: Os caras de propaganda são muito birutas, talvez sejam loucos de fato. E me vem com cada bicho, mas eu topo todos os desafios. A primeira coisa que faço para entender os bichos é ir no Youtube pesquisar o seu comportamento. Estudo muito o bicho e depois vêm os testes.

    (05:15:45) jay-z: tenho uma basset hound de 6 meses e dois problemas com ela: 1o ela late (uiva) desesperadamente se nos ausentamos de casa, supercarente, e só faz as necessidades em casa, por mais que façamos passeios de horas. Que fazer para educá-la a conseguir ficar só e "se aliviar" na rua?

    (05:34:46) Alexandre Rossi: jay-z, parece que a ansiedade de separação é de cães medrosos, eles não gostam de fazer as necessidades na rua. Tem que mostrar que a rua é bacana, para isso tem que procurar ruas mais calmas. Outra coisa é a ansiedade de separação, não gostam de ficarem sozinhos, são cães inseguros. No meu livro tem um capítulo só para isso. A idade tem a ver com os uivos, cães pequenos têm mais medo de ficarem sozinhos. Alguns foram muito traumatizados, isto causa muitos problemas a eles. Para os casos de ansiedade e separação mais grave há remédios anti-depressivos.

    (05:16:00) Joe: O meu cão é um Fila, quando coloco comida para ele, se eu encostar a mão ele quer me morder, como faço para ele parar com isso?

    (05:36:30) Alexandre Rossi: Joe, o instinto dele é que se você está chegando perto está tentando roubar a sua comida. Você tem que mostrar a ele que não quer fazer isso. Pode começar dando dois grãos de ração e depois dar uma mão cheia quando o prato estiver vazio, pois como o prato está vazio ele não terá porque avançar, assim ele entenderá que está errado. Comida a vontade não é o correto, tanto para cães como para gatos.

    (05:16:07) atena: Tenho uma vira-latas que tem o latido mais agudo do mundo, como a faço parar de latir sempre que chega alguém na minha casa??

    (05:37:49) Alexandre Rossi: atena, uma das melhores maneiras é você recompensar o comportamento de não latir e punir o de latir. No meu site (www.caocidadao.com.br) tem um texto para isso.

    (05:47:25) Geovanna/UOL:

    Alexandre Rossi dá dicas pra cuidados e adestramento animal. (Priscila Gomes/UOL)

    (05:38:27) Alexandre Rossi: Sobre as cirugias nas cordas vocais de cães, foram muito criticadas. Isto resolve o problema dos latidos, mas foi considerado como um ato de crueldade.

    (05:19:56) Barbara: gostaria de saber como posso fazer para que meu cãozinho o Zen aprenda a passear sem coleira. Alguma dica?

    (05:41:05) Alexandre Rossi: Barbara, por mais que ele seja zen alguma coisa pode tirá-lo do sério e um erro pode ser fatal. Tem que ensiná-lo a andar de coleira. Não aconselho a deixá-lo andar sozinho. Mas vou ensinar como faz. Normamente o cão não aprende a andar sozinho porque usamos uma coleira ou um enforcador muito barulhento, então ele sabe quando está ou não usando. Deve usar um enforcador de tecido e uma guia como se fosse de cordão mesmo, mas forte. Não deve ser barulhento. E deve ensinar o cão a andar sem ter que puxar. Aí quando você soltar a guia ele achará que você ainda o está controlando. É legal fazer este treino mesmo que não vá deixá-lo andar solto. Quando estamos andando na rua passamos algumas lições para eles. Então quando fazemos restrições deixando-os andando do lado ou atrás mostramos quem domina. Isto também ajuda em casa.

    (05:23:12) Cris: Vc poderia me dar dicas sobre calopsita???

    (05:42:12) Alexandre Rossi: Cris, as calopsitas são bem espertinhas. São pássaros que aprendem praticamente com todas as técnicas de cães, dá para ensinar até a rolarem. A comida deve ser restrita, na quantidade certa. Deixando as coisas mais gostosas para a hora do treino.

    (05:23:48) Mari: Tenho uma gata obesa que sofre com problemas de coluna pela falta provavelmente de cálcio, ela só se alimenta com carne fresca, infelizmente foi um hábito q minha avô inseriu nela. Como faço para ela passar a consumir ração para ter uma dieta mais completa?

    (05:45:19) Alexandre Rossi: Mari, é fácil, todo o cão ou gato que tenha um apetite seletivo e esteja obeso quando se traz para o peso ideal ele passa a ser menos seletivo. Ela está muito seletiva porque está tendo comida demais. Deve ir diminuindo a comida até que o seu apetite esteja suficiente para inserir outras coisas. Mas os gatos devem emagrecer aos poucos, pois podem morrer se ficarem alguns dias sem comer, até mesmo um dia. Quando começarem a ter apetite, ficará mais fácil de fazê-los se exercitarem. Para isso pode esconder a comida pela casa.

    (05:24:18) Marcela: Oi Alexandre, tenho uma lhasa e ela tem mania de ficar lambendo, lambe todo mundo o tempo todo, lambe as patas dela, lambe a almofada, o sofa, fica tudo molhado, isso tem alguma explicação?

    (05:47:58) Alexandre Rossi: Marcela, você tem um cão compulsivo, por isso ele lambe tudo. Estes cães podem se lamber tanto a ponto de se machucar. O truque é não dar atenção quando estiver se lambendo. Use um spray com um produto amargo que não seja tóxico, deste para o cão não roer móvel. Na hora que ela lamber a pata deve ser dada uma esguichada em sua boca. Isto só vale para cães que lambem demais a pata.

    (05:25:48) ana: Oi, tenho um shcnauzer de 10 meses e acabei de ganhar bebê, como faço para administrar o ciúmes dele...pq às vezes ele sobe no carrinho onde minha filha está e tenta mordê-la

    (05:51:16) Alexandre Rossi: ana, se tentar fazer isso deve-se dar bronca. Neste caso é preciso procurar um consultor de comportamento. Como tem um bebê envolvido o acidente pode ser grave. Deve-se criar uma distância limite, além de ensinar a lidar com os ciúmes. Isto pode ser feito dando atenção ao cão quando estiver com o bebê. Cães muito carentes podem ter uma atitude bruta quando aparecem os filhos. Deve-se evitar o choque com os cães, para isso deve-se ir dando menos atenção aos cães e estabelecendo limites para não ser um cão mimado quando o bebê nascer. É legal que o cão não possa entrar no quarto do bebê desde antes do nascimento.

    (05:32:27) Joe: Por que os gatos ficam se esfregando na gente o tempo todo? tem aguma explicação para isto?

    (05:52:17) Alexandre Rossi: Joe, eles gostam disso. Primeiro pela afetividade. Mas eles esfregam com uma parte específica na parte da cabeça onde tem menos pêlos e tem algumas glândulas para demarcar as pessoas que são amigas ou territórios.

    (05:33:54) olga: gatos sentem falta dos donos ? Se eu viajar por dois ou três dias será que meu gatinho pode ficar sozinho ?

    (05:54:05) Alexandre Rossi: olga, cada animal tem uma personalidade, um temperamento. Na média alguns gatos entrarão em desespero se ficarem sozinhos uns minutos e há cães que podem ficar sozinhos por muito tempo sem problemas. Mas os cães são mais carentes. Os gatos geralmente sofrem menos quando os donos saem. Mas é preciso acostumá-los para isso. Também é importante verificar se ele não vai ficar sem comer, isto pode ser muito perigoso.

    (05:34:15) Nica: Tenho 7 gatos há alguns anos. 5 fêmeas e 2 machos. Sempre se deram bem. Há 2 meses apareceu um gato macho, 1 ano + ou -, que está brigando com todos. Todos estão acuados, com medo dele. O que posso fazer?

    (05:56:31) Alexandre Rossi: Nica, isto é complicado, o ideal é que se impeça que este outro gato invada o território. Há alguns mecanismos para isso, se você conseguir de alguma forma cercar ou proteger que eles saiam na rua é melhor, pois há muitos perigos. Tem, por exemplo, a cerca elétrica com regulagem de voltagem. Mas tem que ser um equipamento seguro, com voltagem controlada. Você pode entrar em meu site (www.caocidadao.com.br) para indicarmos alguns sites americanos que tem um tipo de um sensor que esguicha água quando sente a presença deles.

    (05:41:21) carola: como faço para impedir que meu cachorro faça buracos na grama do jardim?

    (05:58:19) Alexandre Rossi: carola, tem um truque nojento, mas que funciona muito bem. Pegue o coco do cachorro e jogue em um buraco. Ao acharem isto eles param de procurar, depois coloque em outros lugares, assim ele vai parando.

    (05:41:30) elaine: Alexandre... Vc comentou que às vezes o trabalho de adestramento consiste em modificar os hábitos do dono... O que fazer p/ concientizar um dono de que cãe precisam de que dono "funcione" como chefe da matilha dentro de casa? Vejo os cães de meus amigos agindo como os líderes da casa, apresentando vários problemas de comportamento, estresse, latidos compulsivos... Todos eles possuem donos permissivos...

    (06:00:47) Alexandre Rossi: elaine, o dono geralmente sabe que mima, então é um trabalho super árduo, quase que de psicólogo de gente. Deve-se lidar um pouco com os medos ou problemas das pessoas. Dizem que fazem isso porque se sentem mal ou que têm medo de que os animais não gostem mais deles. É preciso mudar as pessoas.

    (06:03:37) Alexandre Rossi: Sobre castração: Eu sou a favor da castração para todos os animais de companhia, especialmente em cães e gatos. Porque há muitos animais abandonados que acabam sofrendo demais. Esta é a melhor maneira de se evitar isso. Castração não deixa gordo, é só regular a comida. É preciso castrar para diminuir os sofrimentos dos cães abandonados. Do ponto de vista de comportamento da maioria dos animais, quando tiramos este instinto de reprodução nós conseguimos trazê-los mais para próximo de nós e é o que eles querem.

    (05:45:33) renata: adoro as propagandas q vc faz o adestramento dos animais, parabéns. qual foi o animal mais dificil de adestrar? como foi o trabalho com as lhamas do chiclete adams?

    (06:06:50) Alexandre Rossi: renata, o mais fácil foi com o hipopótamo John. E o trabalho com as lhamas foi muito engraçado. Eu tinha que treiná-las para cuspirem no controle remoto e elas não sabem mascar da maneira que deveriam. Eu comecei a estudar e percebi que um dos jeitos é quando aparece um dos machos ela dá uma cuspida muito fedida para afastá-los. Treinei-a de forma que quando eu colocasse o bonê ela desse uma cuspida.

    (05:53:28) alagoana: ola boa noite, gostaria de saber se cão tem algum tipo de bulimia, minha cachorra come compulsivamente e em seguida faz força pra vomitar, nao é sempre mas acontece as vezes

    (06:08:42) Alexandre Rossi: alagoana, praticamente todos os problemas físicos e psicológicos que o ser humano tem os bichos têm de alguma forma e um pouco diferente. Com o cão é mais normal vomitar do que a gente. Eles comem muito rápido e depois vomitam em um lugar seguro para comer de novo ou para alimentar seus filhotes. Se ele estiver comendo muito rápido uma dica é colocar a comida em uma garrafa de refrigerante com um furinho para ir comendo aos poucos ou espalhar a comida pelo chão, mas tem que estar limpo, sem nenhum produto de limpeza.

    (06:00:35) Jane: Pq. cai tantos pelos do meu cão ? já mudei ração, prods. de limpeza e centralizei em omega 3 e 6...será emocional ? Obrigada

    (06:09:24) Alexandre Rossi: Jane, tudo nesta vida pode ser emocional. Primeiro tem que ter um veterinário de confiança acompanhando. Mas pode tentar avaliar para ver se tem estresse.

    (06:02:31) Erica: Pq meu cachorro, apesar de castrado tenta cruzar com minha cachorra mesmo quando ela não está no cio?

    (06:10:40) Alexandre Rossi: Erica, o movimento de cópula não quer dizer necessariamente que ele esteja querendo cruzar, pode ser um exercício de dominância, uma brincadeira ou só um exercício quando filhote. Tem cães castrados que cruzam igual, não é tão raro.

    (06:02:32) Luciana: Tem algum contato para falar com vc? blog, email?

    (06:11:19) Alexandre Rossi: Luciana, a melhor maneira é entrar em nosso site (www.caocidadao.com.br). Estou no Orkut também, mas é mais fácil me achar pela comunidade Adestramento Inteligente.

    (06:12:51) Alexandre Rossi: A Organização Cão Cidadão começou como uma ONG e depois acabou virando uma empresa que faz trabalhos voluntários. A nossa missão sempre foi a mesma que é integrar o cão e o gato da melhor forma na sociedade por meio da educação. Nosso foco não é castração ou visitas a hospitais de crianças com câncer ou adoção. Nosso foco é na educação. Fazemos consultas de comportamentos e adestramentos. Aí acaba aparecendo trabalhos para comerciais ou para filmes.

    (06:01:57) edu: alexandre, quero comprar um gato, mas tenho receio que ele destrua os móveis da casa. como posso prevenir isso?

    (06:13:51) Alexandre Rossi: edu, para ter bichos é preciso adaptar a casa. Vale a pena, mas é preciso se preparar para alguns arranhadinhos. Tem que ter vários arranhadores, além de criar atividades para os gatos. Para os móveis que você não quer que ele estrage pode colocar alguns esguichos. Mas leia o meu livro "Os segredos dos Gatos".

    (06:14:41) Alexandre Rossi: Procurem entender os bichos, estudem mais quando forem adotar um gato ou cão do que quando for, por exemplo, comprar uma geladeira. Assim se pode descobrir do que eles precisam e dependem. Obrigado.

    (06:14:44) Geovanna/UOL: O Bate-papo UOL agradece a presença de Alexandre Rossi e de todos os internautas. Até o próximo!

    Produtos UOL
    Antivírus
    Backup
    Assistência Técnica