UOL Bate-papo

  • pessoas online
  • 7.577 salas abertas
  • 378.850 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Fernando Eichenberg - 11/01/2000 s 18h00

Fernando Eichenberg, jornalista


(18:00:28) b Speed /b : Ol.


(18:00:52) b Speed /b : bom morar em Paris?


(18:01:54) b Speed /b : Eu adoraria ser jornalistacorrespondente. Esse lado "Romntico" de morar em outro pas e ainda ganharpara isso muito me agrada


(18:03:00) Moderador fala para FernandoEichenberg: Andr, tudo ok por ai? O convidado esta" vendo as perguntas?


(18:03:07) b Speed /b : Acho que vou arrumar uma bolsapra estudar qualquer coisa. Quem sabe viro correspondente (Risos) s esperon"ao ser correspondente no Paquisto!


(18:03:23) Fernando Eichenberg: sim


(18:03:59) b Lilica /b : Oi, voc escreve o que exatamente?:)


(18:01:54)b Speed /b : Eu adoraria ser jornalista correspondente. Esse lado"Romntico" de morar em outro pas e ainda ganhar para isso muitome agrada

(18:04:18) FernandoEichenberg: Pois , mas nem tudo romntico em Paris.


(18:04:25) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: O que mais interessante em seu trabalho?


(18:04:27) b Lilica /b : Vc ja" escreveu algum livro?


(18:03:07)b Speed /b : Acho que vou arrumar uma bolsa pra estudar qualquer coisa.Quem sabe viro correspondente (Risos) s espero n"ao ser correspondenteno Paquisto!

(18:04:42) FernandoEichenberg: Para um jornalista, o Paquisto tambm tem seus atrativos.


(18:05:24) b Lilica /b : O que vc mais gostou em Paris?


(18:05:33) b Speed /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Realmente. Eu admiro os jornalistas que vo a lugares que ningum gostariade estar.


(18:03:59)b Lilica /b : Oi, voc escreve o que exatamente? :)

(18:05:54) FernandoEichenberg: Escrevo matrias para as revistas Repblica e BRAVO!e tambm para outros veculos. J fiz tanto a cobertura da guerrado Kosovo como Torneio de Tnis em Roland Garros.


(18:04:25)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: O que maisinteressante em seu trabalho?

(18:06:34) FernandoEichenberg: Essa expererincia de morar no exterior e de entrevistarpessoas, as mais variadas possveis, nas mais diversas reas.


(18:04:27)b Lilica /b : Vc ja" escreveu algum livro?

(18:06:40) FernandoEichenberg: No.


(18:05:24)b Lilica /b : O que vc mais gostou em Paris?

(18:07:06) FernandoEichenberg: Sou supeito para falar. Se eu fosse falar de Paris,iramos ficar semanas aqui conversando.


(18:07:09) b Lilica /b : Esse bate-papo diferente,novo!!! Est gostando???


(18:07:11) b Speed /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Admiro ainda mais os fotgrafos e cameramen. No sei dizer se muita coragemou muito profissionalismo.


(18:07:21) b Luana /b : ol Fernado, nesta diversidadede matrias que vc fez, voc diria que existe uma especialidade de assuntoque vc se considera mas apto a tratar?


(18:05:33)b Speed /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Realmente. Eu admiroos jornalistas que vo a lugares que ningum gostaria de estar.

(18:07:34) FernandoEichenberg: Acho que tem de ter um pouco dos dois.


(18:07:09)b Lilica /b : Esse bate-papo diferente, novo!!! Est gostando???

(18:07:48) FernandoEichenberg: Estou.


(18:08:14) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: Quanto tempo pretende ficar no exterior?


(18:07:11)b Speed /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Admiro ainda mais osfotgrafos e cameramen. No sei dizer se muita coragem ou muitoprofissionalismo.

(18:08:16) FernandoEichenberg: Cada especialidade tem seus desafios.


(18:08:39) b Monna /b i fala para /i Fernando Eichenberg:qual o pior lugar que vc foi para fazer uma reportagem?


(18:09:08) b Monna /b i fala para /i Fernando Eichenberg:????????????????????????


(18:07:21)b Luana /b : ol Fernado, nesta diversidade de matrias que vc fez,voc diria que existe uma especialidade de assunto que vc se consideramas apto a tratar?

(18:09:37) FernandoEichenberg: Claro que assuntos dos quais a gente gosta, a gentetem sempre um interesse especial, mas como jornalista, devemos estarprontos para tratar de qualquer tema.


(18:08:14)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Quanto tempopretende ficar no exterior?

(18:09:53) FernandoEichenberg: Por enquanto no tenho previses de retorno.


(18:08:39)b Monna /b i fala para /i Fernando Eichenberg: qual o pior lugar quevc foi para fazer uma reportagem?

(18:10:23) FernandoEichenberg: No sei se pior no sentido que voc~e est falando.Mas os lugares que mais me impressionaram foram a Bsnia e Kosovo.


(18:10:26) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Claro, mas a medida que vc vai fazendo matrias diversas, nada te sugereum interesse especial para o qu vc gostaria de se dedicar mais, se especializar?


(18:10:27) b Lilica /b : Sobre o que vc mais gostade escrever?


(18:10:30) b Chico /b : Fernando, vc o Reali Jniordo novo sculo?


(18:11:08) Paulo fala para : b RonaldoDimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Sua adaptao com os profissionaislocais ...


(18:11:49) Kiko fala para : b Sergio/b : oi!


(18:11:51) b Durango /b : Ola, tudo bem


(18:11:54) b Monna /b : desculpe precisei sair, poderiaresponder?


(18:12:03) Kiko fala para : b Kiko /b: oi!


(18:12:07) b Periscpio /b : Fernando, voc que achaque sim ou no?


(18:09:08)b Monna /b i fala para /i Fernando Eichenberg: ????????????????????????

(18:12:17) FernandoEichenberg: Meu interesse exatamente esse, como correspondente,o mais interessante a diversidade de assuntos e no ter de fazerreportagens unicamente sobre um tema.


(18:12:33) b Lilica /b : Vc ja" escrevia para a BRAVO!antes de ir para Paris?


(18:12:51) b Kiko /b : qual a importancia da internetpara o desenvolvimento da cultura?


(18:10:30)b Chico /b : Fernando, vc o Reali Jnior do novo sculo?

(18:14:03) FernandoEichenberg: O Reali meu grande amigo e grande jornalista. Sero Reali do novo sculo seria uma honra mas preciso muito caminhoat chegar l.


(18:11:06)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Sua adaptaocom os profissionais locais ...

(18:14:25) FernandoEichenberg: tima, sem problemas, solidria.


(18:11:47)b Sergio /b : oi!

(18:14:31) FernandoEichenberg: Oi.


(18:11:49)b Durango /b : Ola, tudo bem

(18:14:38) FernandoEichenberg: Tudo bem.


(18:11:52)b Monna /b : desculpe precisei sair, poderia responder?

(18:15:07) FernandoEichenberg: Acho que j respondi, mas, se quise, pode repetir apergunta.


(18:12:01)b Kiko /b : oi!

(18:15:12) FernandoEichenberg: Oi.


(18:12:07)b Periscpio /b : Fernando, voc que acha que sim ou no?

(18:15:27) FernandoEichenberg: No entendi.


(18:15:32) b Durango /b : Ol!!


(18:15:34) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Como v o Brasil de fora pra dentro sob a tica de um jornalista que convivecom tantas culturas diferentes?


(18:15:34) b Sick /b : Que foto marcou sua vida?


(18:15:36) b Periscpio /b i fala para /i Speed: Oi!


(18:15:40) b Periscpio /b : Cad voc?


(18:12:33)b Lilica /b : Vc ja" escrevia para a BRAVO! antes de ir para Paris?

(18:15:41) FernandoEichenberg: No. Comecei a escrever j morando l.


(18:16:29) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: Quais os assuntos jornalsticos que realmente lhe interessam?


(18:16:31) b WILLIAM /b : OL!!


(18:12:51)b Kiko /b : qual a importancia da internet para o desenvolvimentoda cultura?

(18:16:32) FernandoEichenberg: Acho que a internet tem um papel fundamental mas quedeve ser melhor pensado, acho que estamos indo rpido demais, semmuita reflexo sobre o que est acontecendo.


(18:18:09) b Nastre /b : ol!


(18:18:11) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: No acha que a rapidez o fundamental do sucesso da internet?As reflexes e adequaes tem que vir na mesma velocidade.


(18:18:36) b HTINHA /b i fala para /i Fernando Eichenberg:O QUE VC FAZ?


(18:19:20) b HTINHA /b i fala para /i Fernando Eichenberg:O QUE VC FAZ?


(18:20:15) b Lilica /b : Voc est aqui no Brasil?


(18:20:16) b HTINHA /b i grita com /i TODOS: font size=+2A GALERA:FELIZ ANO 2000 /font


(18:20:37) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Caramba!.. vc est desprezando minhas msgs.. estou tristinha.. snif..snif..


(18:20:56) Fernando Eichenberg: Acho. Mas exatamenteisso, as reflexes esto defasadas.


(18:21:08) Fernando Eichenberg: Sou jornalistaem Paris.


(18:21:09) b MiguelMM /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Como vc descreveria e classificaria o nvel de cooperao em geral entreos profissionais na Frana ?


(18:21:10) b Srgio /b : Ola!


(18:21:26) Fernando Eichenberg: Estou. Vim passarum ms no Brasil.


(18:22:12) Fernando Eichenberg: Luana, no desprezei,pode ter sido uma confuso aqui no chat. Pode perguntar o que quiser.


(18:22:34) b Lilica /b : Vc j participou de bate-papoantes?


(18:22:41) Fernando Eichenberg: Miguel: Profissionaisem que sentido? Voc quer dizer os jornalistas?


(18:22:46) b Srgio /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Como as coisas ai em Paris, dificil a comunicaao, a alimentaao e etc..??


(18:23:05) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:j tem duas perguntas a penduradas com o "mediador".


(18:23:11) Fernando Eichenberg: Lilica: No, a primeira vez. Acho que d para notar, por isso estou meio duro nas respostas.


(18:24:02) Fernando Eichenberg: Srgio: Alimentaoem Paris tima, a capital da gastronomia. E o desenvolvim,ento dos meiosde comunicao est cada vez mais rpido e eficiente.


(18:25:16) b G@to 2000/RS /b : como ser jornalista?


(18:26:09) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:vc j concorreu a algum prmio jornalstico com suas matrias? qual foio resultado?


(18:25:16)b G@to 2000/RS /b : como ser jornalista?

(18:26:13) FernandoEichenberg: Essa pergunta...Como todas as outras profisses, temseus atrativos e seus problemas.


(18:26:09)b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg: vc j concorreu a algumprmio jornalstico com suas matrias? qual foi o resultado?

(18:26:29) FernandoEichenberg: Nunca concorri, portanto, nunca ganhei nada.


(18:26:31) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: Qual a reportagem que lhe deu maior satisfao de escrever e/ouparticipar?


(18:27:07) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:vc tem restri


(18:27:13) b G@to 2000/RS /b : na mdia quanto vc ganha?


(18:27:32) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Vc tem resptries a premiaes jornalsticas?


(18:26:31)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Qual a reportagemque lhe deu maior satisfao de escrever e/ou participar?

(18:27:38) FernandoEichenberg: Acho que cada reportagem tem sua histria, sua especificidade,cada entrevista tem seu sabor, mas confesso que, como jornalista,a experincia que mais me marcou foi ter feito a cobertura da guerrado Kosovo.


(18:27:13)b G@to 2000/RS /b : na mdia quanto vc ganha?

(18:28:13) FernandoEichenberg: O suficiente para poder viver razoavelmente em Paris.


(18:28:28) b G@to 2000/RS /b : e como foi?


(18:28:31) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: No no sentido negativo. Pergunto positivamente.


(18:27:32)b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Vc tem resptriesa premiaes jornalsticas?

(18:28:47) FernandoEichenberg: No, nenhuma. Mas confesso que nunca me interessei emparticipar de concursos ou prmios, nada contra, mas falta deinteresse mesmo.


(18:28:59) b G@to 2000/RS /b : o que quer dizer comorazoavelmente? pouco?


(18:29:02) b Tantalo/SP /b : Vc ja trabalhou em algumlugar onde a politica da empresa (ou jornal) ia contra as suas convices?


(18:28:28)b G@to 2000/RS /b : e como foi?

(18:29:15) FernandoEichenberg: Como foi o que?


(18:29:54) b G@to 2000/RS /b : na gerra de Kosovo


(18:28:31)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: No no sentidonegativo. Pergunto positivamente.

(18:30:11) FernandoEichenberg: A guerra, obviamente, algo extremamente negativo.Mas, como trabalho de jornalista, foi uma experincia positiva.


(18:30:31) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Viver razoavelmente em Paris significa o qu? Frequentar cafs, teatro,pera, bo9ns restaurantes e morar em que bairro?


(18:28:59)b G@to 2000/RS /b : o que quer dizer como razoavelmente? pouco?

(18:30:52) FernandoEichenberg: Razoavelmente no sentido de que vivo sem maiores luxosmas podendo fazer o que eu quero.


(18:31:13) b G@to 2000/RS /b : alguma vez chegou aacontecer de uma bomba explodir perto de vc?


(18:29:02)b Tantalo/SP /b : Vc ja trabalhou em algum lugar onde a politica daempresa (ou jornal) ia contra as suas convices?

(18:31:30) FernandoEichenberg: At hpje nunca tive maiores problemas nas empresas emque trabalhei. Mas algum sempre h, claro.


(18:31:41) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: A imprensa tem uma queda acentuada por fatos negativos. Quala sua opinio a respeito?


(18:29:54)b G@to 2000/RS /b : na gerra de Kosovo

(18:32:30) FernandoEichenberg: Eu diria que, assistir a guerra nos noticirios da televisoou ler as matrias nos jornais, uma coisa. Estar l no meio outra. Esse o desafio: fazer passar o que se est vendo l.


(18:32:48) b Tantalo/SP /b : Se for capaz de fazeruma crtica aos jornalistas ou autocrtica, vc no acha que jornalista um pouco pessimista, sempre tentando encontrar uma desgraa alhei para fazersucesso, como o caso da reportagem em Kosovo, pegar o que


(18:30:31)b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Viver razoavelmenteem Paris significa o qu? Frequentar cafs, teatro, pera, bo9ns restaurantese morar em que bairro?

(18:33:21) FernandoEichenberg: Tudo isso que voc falou. E o bairro depende muito doestilo de cada um, do que voc quer de um bairro. a mesma coisaquando voc vai escolher um bairro para morar em So Paulo.


(18:31:13)b G@to 2000/RS /b : alguma vez chegou a acontecer de uma bomba explodirperto de vc?

(18:33:45) FernandoEichenberg: Eu ouvi barulho de bombas mas nenhuma explodiu pertode mim, felizmente.


(18:34:02) b G@to 2000/RS /b : quai as empresas quevc j trabalhou?


(18:34:08) b Tantalo/SP /b : h de pior e montar umareportagem triste em cima, e logo depois esquece e muda de assunto e partepara outra desgraa, parece trabalhar em hospital.


(18:31:41)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: A imprensatem uma queda acentuada por fatos negativos. Qual a sua opinio arespeito?

(18:34:45) FernandoEichenberg: Acho que em parte voc tem razo. Mas preciso pensartambm um pouco maior. Se a imprensa d destaque a fatos negativos,tambm porque os leitores se interessam por fatos negativos.


(18:35:46) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:viver num pas onde os direitos humanos nasceram implicam em maior responsabilidadedo ponto de vista da tica profissional, para essa questo?


(18:36:28) b Tantalo/SP /b : acho que o ser humanogosta de fatos negativos, e isso d ibope, se aparecer uma pessoa matandooutra ao vivo isso tambem vende, mas ser tico?


(18:35:46)b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg: viver num pas ondeos direitos humanos nasceram implicam em maior responsabilidade doponto de vista da tica profissional, para essa questo?

(18:37:33) FernandoEichenberg: Acho que no. Isso deve ser uma coisa universal. E atporque a Frana tambm tem seus problemas de direitos humanos.


(18:39:40) b G@to 2000/RS /b i concorda com /i Tantalo/SP:eu con cordo com tantalo, no Programa do Ratinho sempre que dava briga elechegava em primeiro no Ibope


(18:39:50) Fernando Eichenberg: Tantalo: Discordo.Acho que pode haver jornalistas que atuam do jeito que voc~e est falando.Mas quando disse que a guerra do Kosovo me impressionou, no foi no sentidode querer fazer sucesso e de me destacar como jornalista, graas desgraaalhe


(18:40:28) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Se a questo dos direitos humanos universal, como se sente um jornalistaeticamente calado no respeito a esses direitos, dentro de um guerra? peosua sensao pessoal.


(18:39:40)b G@to 2000/RS /b i concorda com /i Tantalo/SP: eu con cordo com tantalo,no Programa do Ratinho sempre que dava briga ele chegava em primeirono Ibope

(18:41:03) FernandoEichenberg: Acho que esse um tema que poderamos discutir horas.Por que programas como o do Ratinho e outros similares fazem sucessoe tm audincia? O buraco mais embaixo.


(18:42:02) b Tantalo/SP /b : adorei falar com vc maspreciso ir, vo discutir essas coisas no "rei das batidas" perto da USP,sucesso!!!


(18:42:24) b Srgio /b : Como viver ai em Paris??? dificil se acostumar com os costumes,comidas e etc??


(18:42:02)b Tantalo/SP /b : adorei falar com vc mas preciso ir, vo discutiressas coisas no "rei das batidas" perto da USP, sucesso!!!

(18:42:38) FernandoEichenberg: Boas batidas para voc. Tchau, um abrao. Tambm foitimo conversar com voc.


(18:42:24)b Srgio /b : Como viver ai em Paris??? dificil se acostumar comos costumes,comidas e etc??

(18:43:22) FernandoEichenberg: Eu no acho difcil. Sempre viajei muito e sempre meadaptei muito fcil nos lugares onde estava. Mas sei que isso uma coisa muito pessoal. H pessoas que no conseguem se adaptar.


(18:43:26) b G@to 2000/RS /b i concorda com /i FernandoEichenberg: vc seria a favor se voltasem todas aquelas brigas do programado Ratinho? mas em horario especial?


(18:43:26)b G@to 2000/RS /b i concorda com /i Fernando Eichenberg: vc seriaa favor se voltasem todas aquelas brigas do programa do Ratinho? masem horario especial?

(18:44:30) FernandoEichenberg: Eu moro h dois anos e meio em Paris e nesse perodo a primeira vez que venho ao Brasil. Confesso que no tenho muitoconhecimento do programa do Ratinho. Mas pelo que me falam, noacho o tipo de jornalismo que se deve fazer.


(18:45:03) b Antonio /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Como se resume a vida de um Jornalista?


(18:45:36) b G@to 2000/RS /b i fala para /i FernandoEichenberg: com brigas a cada minuto, e at as vezes cenas obcenas?


(18:46:36) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: A responsabilidade da imprensa, a meu ver, pequena no Brasil.As vezes vocs no acreditam demasiadamente em "fontes"?


(18:46:40) b G@to 2000/RS /b i fala para /i FernandoEichenberg: onde uqe vc esta neste momento?


(18:46:43) Fernando Eichenberg: Luana: Realmente uma questo primordial. Quando estava l, muitas questes emergem no nvelpessoal. E como jornalista devemos tentar revelar todos os absurdos de umaguerra como essa.


(18:47:13) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:Fernando, estou adorando o papo, mas preciso sair do trabalho, o expedienteacabou faz tempo. Agradeo pela sua pacincia que fez o papo muito gostoso..deixo-lhe um beijo com carinho, votos de sucess


(18:45:03)b Antonio /b i fala para /i Fernando Eichenberg: Como se resume avida de um Jornalista?

(18:47:25) FernandoEichenberg: Puxa, Antonio, assim voc quer me matar. Resumir a vidade um jornalista num chat...no que seja muito emocionante, mas uma dura tarefa.


(18:47:55) b Luana /b i fala para /i Fernando Eichenberg:e um cheiro pernambucanssimo para fechar o contato..risos


(18:46:36)b Ronaldo Dimas /b i fala para /i Fernando Eichenberg: A responsabilidadeda imprensa, a meu ver, pequena no Brasil. As vezes vocs no acreditamdemasiadamente em "fontes"?

(18:48:28) FernandoEichenberg: A confiana da fonte algo fundamental e a checagemdas notcias, idem. Muitas vezes, o jornalista peca nesse sentido.


(18:48:32) b G@to 2000/RS /b i fala para /i FernandoEichenberg: na gerra de Kosovo, com o que vc se preocupou mais? com suavida ou com a matria?


(18:46:40)b G@to 2000/RS /b i fala para /i Fernando Eichenberg: onde uqe vcesta neste momento?

(18:48:46) FernandoEichenberg: Estou aqui na redao da revista BRAVO!, em So Paulo.


(18:49:18) Moderador fala para FernandoEichenberg: Pessoal, temos mais 10 minutos de papo!


(18:49:36) Fernando Eichenberg: Luana: um beijopra voc tambm e ter ficado no trabalho depois do expediente s para conversarcomigo.


(18:52:02) b G@to 2000/RS /b i grita com /i FernandoEichenberg: font size=+2 por favor me responda! o que valeu mais na gerrade Kosovo, sua vida ou a matria? /font


(18:52:02)b G@to 2000/RS /b i grita com /i Fernando Eichenberg: font size=+2por favor me responda! o que valeu mais na gerra de Kosovo, sua vidaou a matria? /font

(18:52:35) FernandoEichenberg: A vida.


(18:53:22) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: Muitas vezes, nos pases europeus, vemos notcias sobre condenaesde alguns veculos de comunicao em funo de publicaes duvidosas. Achajusto isto? Tem conhecimento sobre projeto de lei


(18:54:15) b G@to 2000/RS /b i pergunta para /i FernandoEichenberg: eu vou ter que ir adorei falar com vc!!!!!!!!!!


(18:54:17) b French Fries /b i fala para /i FernandoEichenberg: Paris esta realmente arrasada pelas chuvas ou continua belacomo sempre?


(18:55:05) Fernando Eichenberg: Acho. Se o jornalerrou, preciso haver uma reparao.


(18:55:12) b G@to 2000/RS /b i pergunta para /i FernandoEichenberg: adeus!


(18:55:13) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: Tem conhecimento sobre projeto de lei no Congresso Nacionalsobre responsabilidade da imprensa? Se tem o que acha?


(18:55:23) Fernando Eichenberg: G@to: eu tambm.At mais.


(18:55:58) Fernando Eichenberg: Confesso queno conheo em detalhes o projeto de lei aqui no Brasil. Por isso, prefirono opinar sobre o assunto.


(18:56:42) b orfeurgs /b i pergunta para /i FernandoEichenberg: o q vc est achando das programaes q passam na tv brasileira?


(18:57:20) b Ronaldo Dimas /b i fala para /i FernandoEichenberg: Um abrao. Boa sorte. Espero que no tenha mais guerras paraestar por l.


(18:57:37) Fernando Eichenberg: Estamos encerrandoo chat. Foi muito legal ter participado. Tchau para todos.


(18:58:56) Fernando Eichenberg fala paraModerador: Cara Luciana. Foi bem difcil o bate papo hoje. As mesagens noentravam, o timing foi complicado e precisei dar reload a toda hora. Serque vai ser sempre assim? Um abrao, Mari Botter


(18:59:17) Moderador: O UOL e a revista BRAVO!agradecem a presena de todos e especialmente ao jornalista Fernando Eichenbergpela participao. Obrigado e at a prxima!<
Produtos UOL
Antivrus
Backup
Assistncia Tcnica