UOL Bate-papo

7.825 salas abertas pessoas online 391.250 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Fernanda Takai - 27/06/2008 às 20h00

Fernanda Takai

Direto de Belo Horizonte, Fernanda falou sobre seu primeiro CD solo, "Onde Brilhem os Olhos Seus". Eleito "Melhor Disco de Música Popular de 2007" pela APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte), o álbum traz músicas que fizeram parte do repertório da cantora Nara Leão, tem direção artística de Nelson Motta e produção de John Ulhoa. A vocalista e líder do Pato Fu aproveitou o papo para teclar também sobre o relançamento do disco de estréia da banda, "Rotomusic de Liquidificapum" -com exclusividade UOL Megastore-, e comentou sua experiência como escritora em "Nunca Subestime Uma Mulherzinha", livro que reúne contos e crônicas autobiográficos.

  • Leia a resenha do disco solo da cantora
  • Ouça "Onde Brilhem os Olhos Seus"
  • Compre o livro de Fernanda Takai
  • Assista entrevista para o Metrópolis
  • Clipe de "Rotomusic de Liquidificapum"

    Participaram do Bate-papo 460 pessoas


  • (08:04:15) FernandaTakai: Boa noite! Cheguei!

    (08:04:25) alice: boa noite, fernanda! tudo bom? primeiro gopstaria de elogiar seu trabalho solo e com o pato fu. sou super fã. agora... como fica um e outro? deve ser difícil conciliar tudo né?

    (08:05:53) FernandaTakai: Alice, que bom saber que você tem gostado dos dois. Estou no momento mais corrido da carreira, mas tem sido muito bacana ter esse retorno das pessoas. Tanto o disco mais recente da banda, quanto o meu solo foram bem recebidos por público e crítica.

    (08:06:04) descansa coração: Fernanda, o que há de semelhante nessa nova roupagem que você deu ao repertório de Nara Leão e o seu trabalho no Pato Fu?:

    (08:07:42) FernandaTakai: descansa coração, meu disco não rompe com minha história na banda. POr isso mesmo chamei o Lulu e o John pra estarem comigo. É um disco de música pop com matéria-prima de mpb e outros gêneros. Cabe na discografia do Pato Fu.

    (08:07:58) Marcinho: Fernanda depois do sucesso que vc teve como o primeiro CD solo, vc jah tem algum plano de gravar outro, homenageando algum outro cantor ou compositor?

    (08:09:04) FernandaTakai: Marcinho, ainda não. Mal começamos a turnê, vamos viajar com ela até o ano que vem. Não tenho a menor idéia sobre um outro disco solo agora.

    (08:09:14) joca: fernanda, tenho 29 anos e sempre curti mto o pato. de tanto ouvir minha mae virou sua fã e ontem mesmo meu pai pediu pra comprar o cd solo pra ele. como é quebrar essa barreira de idade e fazer sucesso em outras faixas etarias? sabia que isso acontece ou imaginou que com esse novo cd cada vez mais os cinquentoes vao te conhecer e curtir seu trabalho?

    (08:10:19) FernandaTakai: joca, tenho achado ótimo poder mostrar o meu trabalho para outras pessoas de idades e históricos musicais diferentes. É um grande presente pra mim, aos quase 16 anos de carreira.

    (08:10:31) Ronan Dollinger BH: Não tem idéia para disco solo. Mas e quanto ao Pato Fu? Já estão gravando músicas novas? Tem previsão pra disco novo ano que vem, Fernanda?

    (08:11:36) FernandaTakai: Ronan, o Ricardo está concluindo o primeiro disco autoral solo dele. Vai lançá-lo este ano ainda e com certeza vai querer divulgá-lo e se dedicar a ele. Não começamos a trabalhar num disco novo. Isso só deve acontecer no ano que vem.

    (08:11:54) zi*32: Todo lançamento é uma brinde a musica brasileira, é de grande qualidade. Gostaria de saber se você não quer reproduzir um disco do Vinícius de Morais, voltado para a música infantil...acho sua voz doce e favoriecia belas musicas...Isis, 33 anos, BH

    (08:13:21) FernandaTakai: zi*32, acho que a arca de noé 1 e 2 é um grande trabalho já feito pra crianças com várias obras do vinícius. gravei muita coisa dedicada ao público infantil. Se juntar tudo já dá um CD!

    (08:13:31) Julia: E queria te perguntar: vc se identifica como uma cantora mineira? A procedência de um estado entra com o identidade pra vc e pra música que vc produz?

    (08:14:56) FernandaTakai: Julia, embora não seja nascida aqui, sei que represento o estado junto com minha banda. Eu gosto demais daqui e por opção continuo a morar em Minas. Acredito que muito do que tenho de bom em minha vida aconteceu porque estou aqui...

    (08:15:09) bruna: Acho excelente a idéia de ouvir Vinícius na sua voz, e não somente para crianças... Gostaria de saber, qual sua faixa preferida, dentre as da Nara que você regravou?

    (08:15:50) FernandaTakai: bruna, gosto muito do resultado de "Com Açúcar, Com Afeto".

    (08:15:57) iara@meiguinha: com quantos anos vc decidiu ser cantora?

    (08:18:05) FernandaTakai: iara, gosto de música desde de muito cedo. Não decidi ser cantora assim, num momento definido. Tive banda na escola, depois faculdade e sempre acreditei que a música pudesse ser uma coisa boa em minha vida. Teve uma hora que ela passou a ocupar mais tempo do que eu previa. E foi ótimo. Antes era só um hobby que eu tinha, mas com muito carinho...

    (08:18:15) Marco: sou aluno de jornalismo e te entrevistei no festival da mantiqueira. foi uma honra. como surgiu a idéia de reunir suas cronicas em um livro?

    (08:19:00) FernandaTakai: Marco, a idéia foi do Marcelo Duarte, editor da Panda Books. Ele gostou dos textos e achou que a gente pudesse fazer um livrinho simpático.

    (08:19:09) caroline: Fernanda, admiro muito seu trabalho. Tanto o CD solo agora como com o Pato Fu. Você tem muito talento e eu gosto muito. Gostaria de saber quais são as dificuldades de manter uma banda independente no sucesso.

    (08:20:33) FernandaTakai: caroline, o mais importante é ter todos os integrantes motivados pra dar continuidade ao trabalho. Aquela coisa de gostar realmente do que fazemos. Sempre tentamos fazer bons discos, agora se eles vão ser sucesso ou não, foge ao nosso controle.

    (08:20:45) Marcinho: Fernanda queria saber se vc acha que a internet ajuda ou atrapalha no seu trabalho, como sites em que se baixam cd por exemplo.

    (08:22:40) FernandaTakai: Marcinho, se pensar só em sites que colocam o disco de graça, diria que atrapalha um pouco. Mas essa amostra-grátis também pode motivar um gostar do artista, levar mais público aos shows, então ajuda também. Tem muita gente que baixou o disco e depois comprou porque ficou com vontade de ter: pelo projeto gráfico, textos, fotos... em geral a internet é mais aliada.

    (08:22:50) Cris/Recife-PE: Você conseguiu encontrar a querida professora que te ensinou a tocar violão?que vc fala no livro?

    (08:23:40) FernandaTakai: Cris, ainda não pessoalmente, mas nos escrevemos cartinhas simpáticas. Ela mora em Juiz de Fora hoje. Da próxima vez que for lá, tenho certeza de que estaremos juntas.

    (08:23:53) mineirinha 13: já sofreu alguma coisa com sua carreira que pensou em desisitr,mas que teve forças para levantar e começar de novo?

    (08:25:04) FernandaTakai: mineirinha 13, sinceramente não. Sempre soube que a carreira em qualquer área tem momentos ruins. Gosto de tentar outras vezes quando um projeto não vai muito bem.

    (08:25:14) Marco: qual fase da nara você mais gosta. a fase Bossa nova. a fase sambista em que ela gravou nazareth e zé ketti?

    (08:26:16) FernandaTakai: marco, o disco da Nara que mais ouvi foi o que ela fez só com músicas de Roberto & Erasmo. Também acho que ela é a grande voz feminina da bossa nova. Há lindas gravações dela em varios discos ao longo da carreira.

    (08:26:25) dealopes: Que artistas voce está escultando atualmente?

    (08:27:55) FernandaTakai: dealopes, natalia mallo, leo cavalcanti, suzanne vega (sempre), supercordas,clã...

    (08:28:14) Janaine-CTBA/PR: Sua história sobre a professora e suas aulas de violão me inspiraram tanto que comprei um violão, o qual você autografou. Gostaria de saber se a sua filha Nina já tem interesse em cantar ou tocar algum instrumento musical.

    (08:28:56) FernandaTakai: Janaine, que bacana! A Nina gosta de cantar e tem uma bateria de brinquedo. Mas acho que ela prefere dançar por enquanto...

    (08:29:13) NYNA: Eu acredito que o Pato Fu é algo ímpar em termo de musicalidade...Se utiliza da mistura de sons e faz algom moderno, mas não superficial...Com muita qualidade e simpatia...é um som alegre e que diz pra que veio...Mas com a cara Pato Fu....Onde vocês encontram inspiração? Quem "bola" o som( melodia e arranjos)? Eu amo vcssssssssssss!!!!

    (08:31:11) FernandaTakai: NYNA, muito obrigada! A banda é uma soma de todos aqui. Acho que essa identidade sonora existe também porque temos mais de 15 anos de banda, as pessoas se acostumam a reconhecer meu timbre de voz, as composições do John, o tipo de baixo que o Ricardo faz, a levada do Xande e é pena agora que não temos mais o Lulu tocando e criando com a gente... mas vem o Dudu Tsuda pra colaborar.

    (08:31:19) Lix Fu: Oi, Fernanda! Qual o show mais inesquecível que você já realizou?

    (08:32:30) FernandaTakai: Lix Fu, são ocasiões muito diferentes. Há shows pra multidões e outros bem intimistas. Acho que um que não me sai da memória foi no Hollywood Rock quando abrimos pro Cure, Smashing Pumpkins, Supergrass... sou fã deles.

    (08:32:36) Veja Bem, meu Bem: Fernanda .. Vcê acha que a qualidade da Musica Pop. Brasileira está muito baixa ou acha que não mudou nada de um tempo pra cá ?

    (08:34:44) FernandaTakai: Veja Bem,em todas as épocas há coisas boas e ruins. Eu consigo gostar de muito do que se faz hoje, mas a história da música brasileira é tão rica que só posso acreditar que temos uma matéria-prima excelente pra continuar tentando fazer música boa aqui.

    (08:34:53) Ranni: Fernanda, com a saída do Lulu e a entrada do Dudu, como o Lulu ajudava nos arranjos da banda e até do seu solo, você acha que o pato fu vai mudar um pouco, que o Dudu vai dar um toque dele na banda?!

    (08:36:03) FernandaTakai: Ranni, o Lulu é um grande músico e arranjador. Conhecemos mais ele do que o Dudu. Mas tenho certeza de que pessoas diferentes trazem novas idéias e uma forma diferente de se pensar em música.

    (08:36:11) claudius: Fernanda, se tá fazendo sucesso no JAPÃO, vc acha que pode rolar se lançar um disco todo em japonês??

    (08:37:05) FernandaTakai: claudius, não é uma idéia impossível. Bem, talvez agora por falta de tempo. Digamos que eu teria que estudar mais um tiquinho de nihongo também!

    (08:37:13) Marco: recebi nota máxima em uma reportagem que fiz pra faculdade, na qual te entrevistei e também o Nelson Motta. no livro você diz que seus avós japoneses moram aqui em são josé ds campos. por ocasião do centenário da imigração você está falando sempre sobre eles. tem sobrado tempo para você vir pra ca dar um abraço nele?.

    (08:38:05) FernandaTakai: Marco, meu avô já morreu. Minha vó está ainda viva. Sim, estive com ela depois do show em São Francisco Xavier, antes do embarque pra Portugal.

    (08:38:21) torcedor: Fernanda, qual a dica que voce dá pra rapaziada que ta querendo começar na musica Pop Rock?

    (08:40:55) FernandaTakai: torcedor, muita gente pede dicas... mas pode acreditar, o que um novo artista menos precisa é de adequar a um modelo de sucesso. É preciso que ele acerte e erre tentando um caminho próprio. Vejo muita gente se adaptando para o que as rádios querem tocar, mudando até o jeito de se vestir... acho que o melhor é gostar de verdade do seu próprio trabalho e não colocar prazo pra que ele "aconteça". Tem que ser bom durante... mesmo se o caminho não te leve necessariamente ao estrelato.

    (08:41:09) Ronan Dollinger BH: Aliás, como está a expectativa em tocar no Japão em setembro? Há muita diferença entre o público oriental e o tupiniquim? Já conheceu fãs realmente "made in Japan" na última viagem?

    (08:42:32) FernandaTakai: Ronan, há muitos brasileiros na platéia do Japão, mas tem muito japonês que gosta genuinamente de música brasileira. Eles até aprendem português por causa disso. Estamos muito felizes em poder voltar lá. Vai ser minha terceira visita ao país.

    (08:42:42) Gigi: Como funciona o seu espaço de mulher, nesse mundo do rock and roll, vc consegue se fazer ouvir pelo meninos da banda?No Pato Fu, tem aquele incomodo de quem é o band leader?

    (08:42:58) FernandaTakai: Gigi, na minha cabeça o nosso mentor é o

    (08:43:56) FernandaTakai: ...John. Não tem essa preocupação com liderança. Os papéis são naturalmente divididos. Os garotos sempre me deram muita atenção.

    (08:44:11) Cris/Recife-PE: Fernanda eu amo mt vcs!!! como foi a recepção do público em portugal! é verdade que logo mais vc vai divulgar seu disco solo também la?

    (08:44:49) FernandaTakai: Cris, sim. Semana que vem falo com vários jornalistas portugueses e devo ir pra lá divulgar meu disco em breve.

    (08:44:59) torcedor: Fernanda, não tem medo de estar competindo com sua própria banda?

    (08:46:31) FernandaTakai: torcedor, sempre evitei fazer trabalho solo por isso e por não sentir uma necessidade autoral. Esse disco de intérprete ganhou mais visibilidade do que eu poderia supor. Mas todos os outros integrantes tem projetos musicais paralelos... eu continuo a atender a demanda com o Pato Fu. Estamos em turnês simultâneas.

    (08:46:53) Elton Ésqui: Fernanda, qual é seu MSN? Brincadeira..rsrs...Ví numa revista de informática que é vc é ligada em tech. O que vc acha dos meios tecnológicos para se conseguir música de graça?

    (08:48:50) FernandaTakai: Elton, o mais tecnológico de nós é o John... Eu gosto dessa sensação de onipresença em relação à música que se faz no mundo inteiro. Antes era tudo mais lento, a gente demorava a ouvir o que se fazia. Hoje a internet ajuda nesse sentido de ser uma megabomba divulgadora. E tem gente que consegue capitalizar isso pra downloads, shows, publicidade...

    (08:49:01) Marcinho: Com quais artistas você gostaria de grava um disco ou fazer participação em alguma música?

    (08:49:09) FernandaTakai: Marcinho,

    (08:50:03) FernandaTakai: Paul McCArtney, Suzanne Vega... acho que a lista tá meio exigente, né? Aqui no Brasil já tenho realizado vários sonhos... ainda bem!

    (08:50:18) Ronan Dollinger BH: Fernanda, me responde pelos menos mais esta pergunta! No Orkut ouvimos o boato de que fizeram o clipe da música Espero, do último disco. Se for verdade, há previsão do seu lançamento? Já viu? Como ele é?

    (08:50:56) FernandaTakai: ronan, é boato.

    (08:51:16) INGÊnu@: Esse trabalho solo é um sonho antigo? Ou pintou vontade de repente?

    (08:52:42) FernandaTakai: Esse disco foi uma idéia do Nelson Motta, eu não tinha pensado em trabalho solo até então... Mas é um disco com um foco muito específico, por isso o fiz.

    (08:52:48) Yuri: qual a diferenca em ser artista solo e ter uma banda?Qual voce acha que o publico prefere?

    (08:54:05) FernandaTakai: Yuri, numa banda a gente divide responsabilidades, escolhas. Num trabalho solo é tudo mais da nossa própria cabeça... mas pro público, sinceramente não sei se faz diferença ser coletivo ou solo. O conteúdo é que te leva pra determinado público.

    (08:54:23) Galo Fu: O primeiro CD de vocês ROTOMUSIC DE LIQUIDIFICAPUM, foi relançado. Esta feliz pessoa que ouviu o original na época pergunta: que tal uma mini-turnê de relançamento ou colocar mais músicas deste nos próximos shows?

    (08:55:00) FernandaTakai: Galo Fu, a gente deve fazer alguma ação pra promover essa re-edição. Aguardem...

    (08:55:07) Lívia: Sei que o bate-papo é sobre sua carreira solo. Mas queria perguntar sobre seu livro. "Nunca subestime uma mulherzinha" foi uma delícia de ler... Eu amei! Tem outros livros no forninho, Fernanda?

    (08:55:58) FernandaTakai: Lívia, entre mais de 150 textos, escolhemos esses 40... no meio tempo produzi mais uns 50. Então tem muita coisa, mas ainda é cedo.

    (08:56:07) dealopes: O que voce mais adimira no trabalho da Nara?

    (08:56:52) FernandaTakai: Dealopes, a escolha de repertório, integridade artistica e o jeito de cantar. Isso tudo é muito colado um no outro quando se fala dela.

    (08:56:56) Marco: como você se sente melhor, escrevendo uma crônica ou compondo uma música?

    (08:57:57) FernandaTakai: Marco, vixe, é muito subjetivo. Eu diria que tenho mais tempo como compositora do que cantora, mas atualmente tenho produzido mais textos inéditos do que músicas novas...

    (08:58:13) mineiro -bh: fernanda vc teve mais liberdade de escolha nesse trabalho por n ter que dividir opinioes?

    (08:59:37) FernandaTakai: mineiro-bh, no meu trabalho solo, escolhi as músicas com o Nelson. Num trabalho com a banda, é tudo votado e somos 5. Ah! correção tenho mais tempo como compositora do que com escritora...

    (09:00:35) A Volta do Boêmio: Responde uma perguntinha minha só, por favor !!!!!!!! Fernanda, conta prá gente como é trabalhar com Nelson Motta, ele que chega se denominar o Forrest Gump da MPB, dado que viu quase tudo que rolou nas últimas décadas?

    (09:01:20) FernandaTakai: O Nelson é uma pessoa ótima!! Bem-humorado, inteligente. Fiquei muito orgulhosa por ter recebido esse convite dele.

    (09:00:39) FernandaTakai: Pessoal, agradeço a participação de vocês, mas agora tenho que ler um livrinho pra Nina dormir... Boa noite!

    (08:50:35) FernandaTakai: Sobre agenda de shows, vejam em minha página www.fernandatakai.com.br

    (09:01:53) FernandaTakai: Boa noite e visitem a minha página e a do Pato Fu!

    (09:02:00) FernandaTakai: : )))

    (09:02:00) Moderador/UOL: O Bate-papo UOL agradece a presença de Fernanda Takai e de todos os internautas. Até o próximo!

    Hospedagem: UOL Host