UOL Bate-papo

7.825 salas abertas pessoas online 391.250 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Chitãozinho e Xororó - 07/08/2008 às 17h00

Com mais de três décadas de carreira, 30 álbuns lançados no Brasil e dois no exterior, três DVDs e uma biografia, "Nascemos para Cantar" (2002), a dupla serteneja se prepara para a estréia do show "Saudade da Minha Terra", nesta sexta-feira (8) em São Paulo -a TV UOL transmite ao vivo e com exclusividade a primeira apresentação da turnê. No papo com internautas, os cantores conversaram sobre a expectativa dos shows pelo país, comentaram o último projeto lançado por eles, "Grandes Clássicos Sertanejos" e mataram a curiosidades dos fãs sobre suas vidas fora dos palcos.

  • Visite o site oficial da dupla
  • Ouça os sucessos dos músicos na Rádio UOL
  • UOL Megastore: compre músicas de Chitãozinho & Xororó
  • Veja vídeos da dupla em UOL Música
  • Assista à íntegra do bate-papo:

  • Participaram do Bate-papo 4011 pessoas


    (05:07:12) Chitão e Xororó: Boa tarde internautas, é um prazer muito grande estar aqui mais uma vez. Gostamos de participar porque é muito gostoso estar aqui.

    (05:06:22) fabio bala: olá Chitãozinho e Xororó amanhã estarei no show e desde já desejando muito sorte !!!

    (05:08:30) Chitão e Xororó: O show "Saudade da Minha Terra" é baseado no DVD "Grandes Clássicos Sertanejos" e algumas de nossas canções mais pedidas. É um show de 1h40 bastante variado, com músicas dançantes e românticas. E tem este título porque remete principalmente as pessoas de São Paulo para o campo, ao menos pela imaginação.

    (05:08:39) Chitão e Xororó: Um abraço a todos...

    (05:06:38) Mesticinha: quantos shows estarão previstos nesta nova turne ??

    (05:09:22) Chitão e Xororó: Mesticinha, hoje somos totalmente independentes, então pretendemos viajar com este show por muito tempo. As nossas turnês duram no mínimo de um ano e meio a dois anos com uma média de 200 shows.

    (05:10:55) Chitão e Xororó: Agora a nossa vida profissional está em nossas mãos. Temos uma infra-estrutura em Campinas onde moramos há muito anos. Então somos totalmente sem compromisso de tempo, com tudo muito mais a vontade. Em nosso sistema fazemos de nove a dez shows, durante 20 a 30 dias, ficando com dez dias para descansar. Está muito bem organizada a nossa vida e a nossa qualidade de vida está muito bacana.

    (05:09:05) Somos Apaixonados: Olá Chitão olá Xororó! Pra mim é uma honra conversar aqui no bate papo com meus idolos. Amigos como é estar no topo há 30 anos ? Xororó quando retornam a Anápolis (GO)? E como achar os cds dos albuns dos anos 80 ? Abraço

    (05:12:19) Chitão e Xororó: Somos Apaixonados, todo o nosso repertório está em catálogo. Desde 1970 com "Galopeira", todos os nossos discos estão fáceis de encontrar. A única exceção é o segundo disco que não sabemos por que não relançam. Quem sabe até o final do ano estaremos por aí.

    (05:10:28) Bia - Santo André: Meus queridos, amo vcs demais da conta viu...tenho TODOS os cds da carreira de vcs, inclusive um, que acredito ser o primeiro (detalhe, está autografado, é minha relíquia), sobre este cd gostaria de saber se a primeira voz já é do Xororó ou é do Chitão? e quantos anos vc tinham na época daquela gravação? Galopeira naquela época é lindo de ouvir viu...preto no branco também...bjs,

    (05:14:14) Chitão e Xororó: Bia - Santo André, o Xororó sempre fez a primeira voz, nunca mudamos. Tivemos uma fase difícil na mudança de voz de criança para adulto, mas felizmente tivemos uma boa orientação. E sempre mantemos a voz aguda e alta do Xororó (Chitão) Antes de "Galopeira" gravamos um disco que foi uma trilha sonora do filme chamado "No Rancho Fundo", cantamos as 12 canções, mas como não era nosso o repertório começamos a contar a partir de 1970. (Xororó)

    (05:12:02) MeMyselfandDevil: Qual o motivo de se tornarem independentes, vcs acham que a música sertaneja já perdeu espaço em grandes gravadoras?

    (05:15:58) Chitão e Xororó: MeMyselfandDevil, a música sertaneja é a mais consumida no mercado. No segmento sertanejo é o mais forte no Brasil, o mais consumido. Nós queríamos ser independentes para ficarmos mais soltos para definir o que lançar e quando lançar. Mas logicamente estaremos sempre cercados por uma gravadora apenas distribuindo discos ou fazendo marketing. Esta é uma tendência mundial. Com a Globalização o mundo inteiro é feito de parceiros e parcerias hoje, por isso nossa dupla está dando certo.

    (05:12:53) Bia - Santo André: Vcs acham que a música sertaneja hoje ela está mais romantica do que deveria? è dificil de ver os cantores cantando o sertanejo raiz mesmo,,,,o que vcs acham sobre isso? e este show é mais romantico?

    (05:17:04) Chitão e Xororó: Bia - Santo André, o show tem um pouco de tudo. Mas a música sertaneja é romântica na essência. Se você pegar um clássico como "Cabocla Teresa" em que conta a história de amor e traição em que um cara mata a mulher por amor, ela não deixa de ser uma música romântica. O romantismo é sucesso no mundo inteiro e a música sertaneja vem fazendo isso desde o começo. Nós sempre tivemos esta preocupação, mas nunca deixamos de cantar músicas de viola também como "Fogão de Lenha", "Rancho Fundo" e "Obras de Poeta".

    (05:16:25) Talyson: Ola meu nome é talyson tenhu 14 anos Gostaria de fazer uma pergunta vc ja pensou em fazer um filme sobre sua historia como "Os 2 Filhos de francisco" e agora do daniel ja pensou em fazer um?

    (05:18:59) Chitão e Xororó: Talyson, é comum artistas que fazem sucesso ter uma participação no cinema. Sobre a nossa história, tivemos várias reuniões com o grande escritor Benedito Ruy Barbosa muito antes de acontecer o filme "Dois Filhos de Francisco". E a idéia acabou esfriando devido a outros compromissos e com o lançamento deste filme resolvemos segurar um pouco. Então não está descartada a idéia de fazer um filme com a nossa história. Em 2000 lançamos um livro e fizemos um DVD contando os 30 anos de nossa carreira na época. Tivemos o privilégio de ser tema da escola de samba X9 que contou a nossa história. Temos muita história para contar e o filme vai acabar acontecendo.

    (05:16:51) Tata: queria saber qdo vcs irão voltar a apresentar programa de TV? Era muito bom...

    (05:19:32) Chitão e Xororó: Tata, temos algumas propostas e só não voltamos porque os compromissos ainda não permitiram. Nós gostamos de fazer televisão, devemos voltar, talvez no ano que vem.

    (05:17:38) xxxgabriel: Vocês consideram que a música está na genética da família? Já que os filhos dos dois seguem carreira na música.

    (05:20:00) Chitão e Xororó: xxxgabriel, está sim, aprendemos com os nossos pais e tios, é uma coisa genética. Agora estamos passando para os nossos filhos e quem sabe para os netos no futuro.

    (05:18:33) Helen: Gostaria de saber sobre o lançamento da carreira do filho do chitãozinho, o allison

    (05:20:27) Chitão e Xororó: Helen, o Alison acabou de gravar o videoclipe e logo estará tocando nas rádios uma de suas canções. Acredito que em setembro ele estará lançando o CD. (Chitãozinho)

    (05:19:18) Sisa: Xororó, o que vc achou dos integrantes da nova banda do Junior? Vc gostou dele ficar somente na bateria?

    (05:21:24) Chitão e Xororó: Sisa, eu já ouvi algumas coisas, estive em alguns de seus ensaios e o que ouvi lá achei muito legal. Sempre gostamos de tocar todo tipo de música desde a nossa infância. Ele gosta de tocar bateria desde os seis anos, agora está mais capacitado e a banda está muito bem. Mas ele vai cantar também. (Xororó)

    (05:20:32) nana: Como estão os PREPARATIVOS para o CASAMENTO da SANDY? Como você reagiu ao saber que ela vai CASAR?

    (05:22:26) Chitão e Xororó: nana, estou tranqüilo, o sonho de um pai é criar a família e ver os filhos crescendo. Graças a Deus os meus filhos deram muito certo na carreira. Todo o pai sonha em ver a filha casando, mas foi tão rápido que já está chegando. Eles estão dando um passo muito importante e estamos muito felizes.

    (05:21:19) Sarah - pb: O que vocês acham das atuais bandas sertanejas q estam surgindo aos poucos no Brasil?

    (05:24:14) Chitão e Xororó: Sarah - pb, está havendo um movimento bacana através da juventude, dos universitários e com isso aparecendo novas bandas. E nisso tudo se revelando novos talentos. Isto nos mostra que a música sertaneja está se renovando mais uma vez. (Chitãozinho) Há bastante tempo os primeiros lugares nas rádios são da música brasileira, apesar do jabá que corre há muito tempo. Mas o público elege o que gosta e isto vai continuar. Quando surge um grande movimento sempre aparece gente boa e ruim, mas os bons ficam. (Xororó) A dupla Vitor e Léo está construindo uma grande carreira. (Chitão)

    (05:21:52) serginho: Gostaria de saber qual o segredo pra tantos anos de carreira e a voz de vcs em vez de se tornarem cançadas, estão cada vez mais gostosa de se ouvir

    (05:25:27) Chitão e Xororó: serginho, obrigado. Tem que cuidar da voz. É uma ferramenta. A corda vocal é um músculo que tem que estar sempre exercitando e sabendo usar. Às vezes as pessoas exageram no tom forçando demais, por isso acaba dando problema. Eu sempre me cuidei muito, nunca bebi e fumei por isso me ajudou muito. Também tomo muita água durante os shows para hidratar. (Xororó)

    (05:22:55) toscano: ainda é possivel fazer música sertaneja só com um violão ? como tião carreito e pardinha faziam ?

    (05:26:40) Chitão e Xororó: toscano, isto está acontecendo muito. Gravamos na semana passada o programa Sr. Brasil do Rolando Boldrin cujo formato é assim, uma viola e um violão. Esta coisa da música caipira está na essência e gostamos muito quando acontece. (Chitão) A própria pirataria que acabou prejudicando o mercado do disco neste ponto foi interessante. Porque, como os discos são caros de se fazer, eles são pirateados e a vendagem às vezes não paga a conta de uma gravadora que fez um disco no estúdio. Um dos motivos de a música voltar a ser acústica, de ser gravada com poucos instrumentos é para reduzir o custo. Isto está acontecendo no mundo inteiro. (Xororó) A música caipira ganhou com isso. (Chitão) Hoje com uma viola ou violão é possível de se fazer um belo disco com uma sonoridade fantástica. (Xororó)

    (05:23:23) Compositor: chitão e xororó, qual quesito vocês usam quando é feito uma seleção de composições para um novo cd?

    (05:28:36) Chitão e Xororó: Compositor, é o sentimento, já temos uma idéia do que o disco irá ser, fazemos um planejamento de qual caminho terá. E as músicas que vão aparecendo nós vamos sentindo, é a emoção que manda. (Chitãozinho) Há muitos anos nós fazemos isso. Quando éramos crianças sofremos muito por causa dos produtores e gravadoras que impunham o que não gostávamos de cantar. A partir de 1978 passamos a fazer o que gostamos e foi quando começamos a fazer sucesso. Hoje procuro compor com um formato diferente do comum da música sertaneja com acordes e arranjos diferentes. Podemos fazer isso porque não tenho uma preocupação em gravar para tocar nas rádios. (Xororó)

    (05:23:57) S y l v i o: Alguns músicos vendem CD's a preço baixo para evitar a pirataria, vocês tem planos de vender CD's a R$ 10,00 também ou isso é só para quem não vende tantos CD's .

    (05:29:38) Chitão e Xororó: S y l v i o, quanto mais barato for o disco no mercado irá atrair mais consumidor. É impossível chegar às lojas por R$ 10 pelo custo não só para nós que produzimos como para quem distribui porque tem muitos impostos. Em nossos shows os discos saem de R$ 10 a R$ 15 porque compramos direto do fabricante. Mas ainda somos poucos. Não compensa ser EP porque tem baixa qualidade.

    (05:25:52) ana clara: qal é a parte da carreira de vocês, que vocês consideram mais difícil ou mais marcante? obrigado amo vocês

    (05:31:03) Chitão e Xororó: ana clara, foram os oito primeiros anos, entre 1970 e 1978. Foram anos muito difíceis porque viemos de origem pobre, somos os irmãos mais velhos e ajudamos a sustentar a família chegando a quase desistir da carreira. E de lá para cá tudo foi bom. Só que depois que as coisas melhoraram nós sempre trabalhamos muito.

    (05:27:02) uruguaiana: Em algum momento da carreira de voces pensaram em cantar sozinhos?

    (05:32:14) Chitão e Xororó: uruguaiana, isto nunca passou por nossa cabeça, mas já pensamos em parar. Quando chegamos a São Paulo em 1967 se tinha uma influência muito grande da jovem guarda e da música americana e cantar música caipira, como era chamado de forma pejorativa na época, era difícil. Os colegas nos diziam para mudar o estilo, mas isto nunca passou por nossa cabeça. Nunca me vi cantando outro estilo de música. (Xororó)

    (05:27:28) aSantanna: o que voces acharam da fusão que fizeram com os meninos da Fresno??

    (05:35:08) Chitão e Xororó: aSantanna, achamos muito legal. Irá ao ar nesta sexta-feira às 20h30. Dá tempo de ir para o show que, inclusive, a banda Fresno estará dando uma canja. Foi a primeira vez que tocamos com uma banda de rock. O convite veio pela MTV e já topamos. O único espaço que faltava para nós na música no Brasil foi a MTV. Se a MTV é uma televisão de música não via o porquê deste preconceito com o sertanejo. Só faltava chegar o momento mesmo porque quando chegamos lá e conhecemos todo mundo, o pessoal foi altamente profissional, todos conheciam nossas músicas antigas. Quando mostramos o nosso release ficaram até assustados ao ver tantos anos de carreira. Este projeto foi um dos projetos mais prazerosos de realizar.

    (05:36:33) Chitão e Xororó: O show "Saudade da Minha Terra" estará em SP neste fim de semana e depois irá para Ribeirão Pires, Cajamar etc. Mas vamos viajar. Seguimos a frase que diz que o artista vai aonde o povo está.

    (05:37:21) Chitão e Xororó: Um alô para a comunidade do Orkut, o UOL estará transmitindo o show nesta sexta-feira.

    (05:31:53) celso: sou daqui de jau, e grande fã de vcs, ou seja, vcs são a unica dupla que prá mim é a mais completa desde tião carreiro e pardinho e tonico e tinoco

    (05:38:37) Chitão e Xororó: celso, é muito legal quando nos comparam com estas duplas antigas porque elas fizeram a história da música sertaneja. A dupla Tonico e Tinoco foi uma referência para nós pelo seu timbre de voz e o convívio que tivemos com eles durante muito tempo antes do Tonico falecer. Eles estiveram em nosso show e gravamos "Chico Mineiro" juntos. Nos deram de presente uma viola e um violão, então ficou uma imagem histórica.. E Tião Carreiro e Pardinho foram dos maiores violeiros que a música sertaneja já teve, com um trabalho forte de raiz. Foi a dupla que marcou o som da viola na música sertaneja. Tivemos o privilégio de tocar com eles. O Tião Carreiro era ímpar, de tirar o chapéu.

    (05:36:00) Will: E ai Xororó, posso esperar ouvir "galopeira" na estréia de sábado do Credicard Hall?

    (05:39:44) Chitão e Xororó: Will, "Galopeira" está no roteiro sim, vá ao show que você vai ouvir. O público canta todas as músicas com a gente. Isto é um privilégio. São três músicas, "Galopeira" uma música do primeiro disco que até hoje temos que cantar, "Fio de Cabelo" lançada em 1982 e "Evidências", uma obra-prima.

    (05:37:03) Banguelo: O novo show de amanhã será inspirado no mais recente DVD ?

    (05:40:41) Chitão e Xororó: Banguelo, tem um bloco que chamamos de Clássicos que vamos cantar no formato do DVD e o cenário do show é baseado no cenário do DVD. Quase todo o nosso repertório é de clássicos, também românticas e violas, tem um pouco de tudo. Terá Almir Sater tocando viola e cantando no telão, mas não vamos contar tudo.

    (05:37:57) Felipe: como é a vida de voces fora do palco ? o que costumam fazer ?

    (05:41:48) Chitão e Xororó: Felipe, vamos descansar porque a vida é dura, você não sabe o que é viajar toda a semana. Procuramos sempre nos encontrar para trabalhar. Sempre temos compromissos durante a semana. Temos um escritório em Campinas, mas sempre procuramos nos divertir. Adoramos cinema e teatro.

    (05:41:45) jason e anderson: vcs regravariam uma musica de uma dupla do sert. universitario?

    (05:43:25) Chitão e Xororó: jason e anderson, claro que sim, com o maior prazer. Sendo boa a música, não importa o autor. Sempre recebemos músicas, temos uma pessoa que cuida disso. Nós ouvimos todo mundo, tem muita música. Na capa do nosso CD e DVD tem o contato do nosso escritório e o nosso site é chitaoxororo.uol.com.br.

    (05:42:09) NnandobassS: Opa boa Tarde , gostaria de saber como foi para vcs gravar com o cantor de Rap Cabal , e o que vcs acham que deveria ter mais parcerias entre estes estilos de musicas ?

    (05:46:30) Chitão e Xororó: NnandobassS, a exemplo da Fresno que foi uma grande parceria, o Cabal foi a mesma coisa. Sempre gostamos destas misturas. A primeira mistura diferente que fizemos foi com o Jair Rodrigues, um sambista. Na época estávamos na antiga gravadora Copacabana finalizando o nosso repertório e chegou uma pessoa humilde que ninguém conhecia na época e nos mostrou uma música chamada "A Majestade o Sabiá", esta pessoa é a Roberta Miranda. Nós adoramos a música, mas como ela fala de umas coisas que nunca falamos na música sertaneja achamos que seria legal para o Jair Rodrigues que também estava escolhendo o repertório para o seu disco. Mostramos para ele que nos convidou para participar. Fechamos e a música foi o maior sucesso. As coisas sempre aconteceram com muita espontaneidade. Estávamos escolhendo o repertório e ouvimos a música "Vida Marvada" e achei que ela tinha muito a ver com uma música do Cabal. Resolvemos fazer uma parceria com ele, ligamos para ele que fechou na hora. Ele escreveu o texto e assim nasceu a parceria desta música. Sempre que tiver uma proposta interessante vamos fazer.

    (05:47:10) Chitão e Xororó: O contato para mandar músicas é contato@chx.com.br.

    (05:46:28) Silva: ontem estava vendo um clip de vcs aqui no interior do MT, em Água Boa, aí lembre de quase 30 anos, qd vi vces esticando fio para um show em Dourados no MS... e fiquei comparando aquela cena com as da atualidade. Como é isso na vida do artista?

    (05:50:03) Chitão e Xororó: Silva, nesta época nós montávamos mesmo. Eu sempre fui o responsável por isso, carregava caixas e montava o som. Quando começamos a levar teclado, baixo e bateria para os shows, os contratantes achavam que não precisava, que bastava um violão e uma viola, mas nós pensávamos o contrário. Nós assistíamos shows de Roberto Carlos, Rita Lee, Gal Costa, Ney Matogrosso, sentíamos que a nossa música também merecia um tratamento igual ao dado ao som que eles faziam. E nos locais em que íamos tocar não tinham estes instrumentos. Tivemos que comprar os equipamentos no começo e nem tínhamos gente para carregar. Isto foi na década de 70. (Xororó)

    (05:49:49) Rodrigo Cruz: VOCÊS SENTEM FALTA DO ANONIMATO??? DE FAZEREM COISAS COMUNS, COMO POR EXEMPLO, IREM AO MERCADO???

    (05:52:02) Chitão e Xororó: Rodrigo Cruz, no Brasil é complicado, mas não sinto falta disso. Não vamos a shopping porque não precisamos, temos gente que compras por nós. (Chitãozinho) Adoro fazer compras fora do país, inclusive ferramentas. Gosto de mexer com marcenaria, em casa é tudo bem feito. (Xororó)

    (05:53:48) Chitão e Xororó: Surgiu uma oportunidade em um shopping de Campinas e entramos de sócios em uma churrascaria. Aquilo foi crescendo, hoje temos cinco grandes churrascarias e mais de 70 lojas de franquia da Montana pelo país. Também temos uma grife de carne com esta marca.

    (05:49:59) @N@: Olá, gostaria de saber se qdo vc cantou com Roberto Carlos qual foi a sensação?

    (05:55:21) Chitão e Xororó: @N@, é complicado cantar com ele porque ele nos emociona a cada frase. Pelo fato de ele ser nosso ídolo, não é fácil conviver com ele. Ele é uma pessoa muito tranqüila, gosta de contar piada, uma pessoa muito divertida, é muito gostoso. Mas como é nosso ídolo não nos comportamos bem. (Chitãozinho) Quando gravamos "De Coração pra Coração" com ele, os ensaios foram tudo bem, mas quando começamos a gravar o chão começou a sumir e as pernas bambearam. Cantamos muitas outras vezes também e a emoção é sempre a mesma. O Roberto é incrível, um grande cara. (Xororó)

    (05:52:19) iva: tem alguem com quem vcs gostariam muito de cantar ou realizar algum projeto e ainda não tiveram oportunidade?

    (05:57:06) Chitão e Xororó: iva, sempre vai ter, o Brasil tem muitos talentos, muita gente boa fazendo trabalhos com personalidade. Sempre vamos ter prazer em gravar com estas pessoas que são muitas. Mas somos de um fã que nos emociona há muitos anos. (Chitãozinho) Em 1970 começamos a curtir o Neil Diamond e agora tivemos a oportunidade de fazer uma regravação de um de seus grandes sucessos. A música é "Porque Brigamos" versão de "I Am... I Said". Na década de 70 assistimos a um show dele que nos foi fundamental porque achamos demais a sua postura no palco, a sua maneira de conduzir. A sua voz entrou em nosso coração e nunca mais saiu. Nós o adoramos muito. (Xororó)

    (05:55:23) santista: existe algum projeto engavetado ou que seja um sonho da dupla?

    (05:58:02) Chitão e Xororó: santista, não tínhamos ousado sonhar em gravar com o Roberto Carlos assim como os Bee Gees. E agora uma parceria com o Neil Diamond seria um grande prazer.

    (05:57:27) Vanessa: Tô super ansiosa para ver o show de vocês no sábado....Teremos alguma novidade???

    (05:58:55) Chitão e Xororó: Vanessa, vamos cantar "Sinônimos" com o Zé Ramalho no telão. O show "Saudade da Minha Terra" em SP começa amanhã. Será muito bom.

    (06:00:12) Chitão e Xororó: Muito obrigado a todos pelo carinho. Quem quiser comprar o nosso CD pela internet é só acessar o site chitaoxororo.uol.com.br. (Chitão) No show "Saudade da Minha Terra" vamos cantar "Fogão de Lenha" para se sentir mais perto de sua família. Obrigado pelo carinho. (Xororó)

    (06:00:24) Moderador UOL: O Bate-papo UOL agradece a presença de todos os internautas. Até o próximo!


    Hospedagem: UOL Host