UOL Bate-papo

7.825 salas abertas pessoas online 391.250 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Oficina G3 - 08/12/2009 às 20h00

Vencedores do Grammy Latino 2009 de "Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa" com o CD "Depois da Guerra", o Oficina G3 foi uma das primeiras bandas a levar o rock para o universo gospel. Com mais de 20 anos de carreira, o grupo já passou por diversas formações, conta com 10 álbuns lançados e, atualmente, é formado por Juninho Afran (guitarra), Jean Carllos (teclado), Duca Tambasco (baixo) e Mauro Henrique (voz). Além de responder aos internautas, Juninho e Mauro fazem palinhas dos sucessos da banda em formato acústico.

  • Leia letras da banda
  • Ouça músicas do Oficina G3 na Rádio UOL
  • Clipe da música "Incondicional"; veja
  • Oficina G3 recebe Grammy Latino pelo álbum "Depois da Guerra"
  • Veja o vídeo da conversa:

  • Participaram do Bate-papo 1549 pessoas


    (07:58:35) Fú_flautista: aewwwwwwwwwwwwwww

    (07:58:40) Hendrikus10: oficina cade vc eu vim aki soh pra te ver

    (07:58:50) RENATO_CEVA: E ai galera

    (07:59:02) Rafael Matos: O auditório está na maior expectativa!

    (08:06:33) Oficina G3: E aí galera, tudo bom? Um prazer enorme falar com vocês!

    (08:07:01) Oficina G3: cantam e tocam versão acústica de "Depois da Guerra".

    (08:03:10) Alê: Primeiramente gostaria de dizer que admiro muito o trabalho de vocês. Assim como eu, muitos admiradores da banda estão curiosos para saber a data de lançamento do DVD DDG Experience. Vocês poderiam adiantar se o lançamento está próximo?

    (08:15:51) Oficina G3: Alê, as pessoas não falam em outra coisa! Tenho uma amiga que me ligou agora já perguntando do DVD. Estamos na fase de pós-produção, estamos fazendo o mais rápido possível e com todo o carinho. Provavelmente ele será lançado no início do ano que vem, mas não damos uma data definida porque sempre que damos uma data atrasa. (risos) Está ficando muito bacana, mas esta demora é em função de todos os detalhes que estão sendo preparados para este DVD.

    (08:06:14) ana: como foi ganhar o grammy, vcs esperavam?

    (08:16:34) Oficina G3: ana, a gente sempre tem a esperança, mas nós fomos indicados três vezes. Nas duas primeiras nós só tínhamos esperança, na terceira nós tínhamos esperança e experiência e Deus resolveu nos dar esse presente. Vamos guardar isso com muito carinho no nosso coração.

    (08:07:47) AgNoNeS: boa noite oficina... sou de picos PI e gostaria de saber pq o nome oficina"G3"? e quando naceu a banda???

    (08:18:12) Oficina G3: AgNoNeS, o nome é uma brincadeira com a abreviação de Grupo Três, porque éramos o terceiro grupo da igreja e não tínhamos nome. Depois de um tempo colocamos Oficina, porque acreditamos que somente Deus pode consertar o coração do homem. E o nome também foi um lance bem legal, porque ajudou a quebrar barreiras, já que não lembrava nada gospel e com isso não sofríamos tanto preconceito. Graças a Deus hoje isso acabou!

    (08:11:41) Moderadora UOL:

    Mauro Henrique (voz) e Juninho Afran (guitarra), integrantes do Oficina G3, participam do Bate-Papo UOL com Convidados (Crédito: Fernanda Pineda/UOL)

    (08:12:36) Oficina G3: Sobre o sucesso e a carreira: nós temos realmente o coração muito grato a Deus e apesar dos momentos difíceis, nós temos o saldo positivo muito maior!

    (08:14:13) Oficina G3: Sobre o Grammy: Mauro: eu só berrei bastante para agradecer! Juninho: quando ela anunciou rolou uma parada cardíaca, morremos uns dez segundos, ressucitamos e saímos gritando! (risos) Começamos a comemorar e nos abraçar ao ponto da apresentadora perguntar quando é que nós subiríamos para receber o prêmio! (risos) Naquele momento eu não sabia como agradecer, mas nós agradecemos a todas as pessoas que vivem nos bastidores da nossa vida e ajudam bastante.

    (08:12:15) RafaBass: quais foram as influencias de vocês para as mudanças de estilo?? no começo mais hard rock, uma fase mais pop, depois um rock mais pesado e esse ultimo com nítidas influências do metal progressivo???

    (08:21:55) Oficina G3: RafaBass, Menudos, Britney Spears e Calypso. (risos) Mauro: esta é minha análise de novato! Toda banda passa por uma reciclagem, ainda mais com tantos anos de carreira. Nunca ouvimos as mesmas coisas e reciclamos nossos ouvidos e isso vai para o nosso som também. Todo mundo sempre pergunta nossas influências. Juninho: nós nunca sabemos como um CD vai ficar. Obviamente que somos influenciados pelo momento e o legal de tudo é que quando jogamos todos os ingredientes na nossa panela saem coisas inusitadas! Escrevemos coisas que vivemos. Nossa proposta é sermos verdadeiros naquilo que a gente faz. Deus nos ensina várias coisas e colocamos isso nas nossas letras. Ao ouvir o Oficina G3, pode ter certeza que você está ouvindo uma experiência de vida.

    (08:14:17) Raquel: Li que no começo a banda não foi muito aceita em algumas igrejas por causa do estilo. Foi verdade? Mesmo que não gostaria de saber a opinião de vocês sobre o assunto. Hoje em dia homossexuais não são aceitos em muitas comunidades, isso também é preconceito? Gosto muito da banda, mesmo conhecendo há pouco tempo. Não quis ser grossa, beijos.

    (08:19:30) Oficina G3: Raquel, de maneira alguma! Realmente aconteceu, algumas igrejas, algumas pessoas e segmentos deste segmento gospel realmente não gostam de rock 'n roll. A diferença é que hoje o gênero é respeitado, mesmo não se gostando. Hoje, por exemplo, quase todas as igrejas tem bandas com bateria, antes elas só tinham teclado. Nós sofríamos preconceito dos dois lados.

    (08:30:26) Oficina G3: Raquel, o preconceito pode até existir sim, mas o que você faz na sua vida, não é problema! Quem quiser andar conosco, pode andar. É claro que a prática do homossexualismo fere algumas coisas em que acreditamos, mas quem quiser andar com a gente, está convidado.

    (08:15:54) @taamires: Qual foi a música mais marcante na carreira de vocês? Beijos.

    (08:23:14) Oficina G3: @taamires, Juninho: para mim, a mais marcante é "O Tempo", que conta a história do meu filho, que teve um tumor no braço aos dez meses de idade e ele hoje tem dez anos de idade e está tudo bem. Mauro: foi uma música que fez muito sucesso. Juninho: além disso, ela me marcou demais, né? Cada trabalho teve músicas de sucesso a seu tempo.

    (08:16:36) Márcio: Vcs ouvem músicas seculares ?? o que acham delas ?

    (08:23:41) Oficina G3: Márcio, Juninho: claro, eu sou músico, sou guitarrista profissional e tenho de ouvir e estudar.

    (08:18:32) @jullianacamargo: Qual o cantor (a) brasileiro que vcs admiram???

    (08:26:29) Oficina G3: @jullianacamargo, Mauro: Leonardo Gonçalves é o cara! Não é rock 'n roll, ele é do black, do soul, e é engraçado que eu estudava as músicas dele e depois de entrar para o Oficina G3 fiquei sabendo que ele era fã do grupo e hoje temos uma amizade muito legal. Juninho: gosto demais do Leo! Para quem não conhece, dá uma olhada. Além do cara ser dez como pessoa, ele tem uma voz maravilhosa, privilegiada. Eu gosto do Cleber Lucas, uma pessoa que a gente não encontra muito, mas quando nos vemos é sempre muito legal!

    (08:20:06) IsabellaViana: Como está sendo o acolhimento de um público diversificado (outras religiões) sendo a musica de voces crista? Parabéns pelo lindo Trabalho, sucesso sempre! beijos

    (08:28:41) Oficina G3: IsabellaViana, realmente nosso público hoje é muito diversificado e a gente fica muito feliz com isso, porque a música é universal. A proposta do Oficina G3 é trazer sim uma música boa, mas também uma letra que acrescente algo de bom na vida das pessoas. Nós andamos com Deus e a gente sabe o quanto é bom isso. Nós queremos mostrar para as pessoas o quanto é bom ter um relacionamento com Deus. Nos nossos shows muitas pessoas que não são cristãs estão presentes também. Nossa música não vai mudar ninguém, nosso Deus vai.

    (08:21:49) Moderadora UOL:

    Oficina G3: "Nossa proposta é sermos verdadeiros naquilo que a gente fala" (Crédito: Divulgação)

    (08:21:55) Manu: Oi boa noite galera do Oficina.. sou daqui de Salvador/Ba onde vcs farão um show na sexta-feira dia 11.12.. estou mt ansiosa p ouvir o som de vcs e gostaria de saber se terá alguma novidade pra galera?

    (08:25:01) Oficina G3: Manu, a galera pode esperar o lançamento do CD, novidades, mas também canções que marcaram nossa carreira com arranjos novos e todo show rola um improviso também, então sempre tem algo novo no show.

    (08:23:33) Esdras: Quando Mauro Henrique assumiu o vocal do G3 as músicas já estavam prontas?

    (08:33:11) Oficina G3: Esdras, Mauro: eu trabalhava com produção musical em Brasília e acabou indo parar no ouvido deles. Levou uns três meses eu caminhando com os caras, treinando músicas, errando letras até que resolveram me efetivar e mudou bastante a minha vida. Eu tinha planos de ir para a Irlanda com minha esposa e desistimos, porque vimos que era realmente uma resposta de Deus a algumas coisas que estavam acontecendo em nossas vidas. A parte que eu colaborei mais foi na questão de melodias e vocais, então 75% das músicas já estavam prontas. Veio uma música e algumas letras comigo, como "Incondicional".

    (08:24:44) EduPit4: Mauro, faça uma analogia entre sua rotina antes e depois de entrar no G3!

    (08:34:19) Oficina G3: EduPit4, antes do Oficina, eu produzia bastante bandas e cantores gospel. Eu trabalhava no estúdio Melodia em Brasília e dava aulas de canto, baixo e guitarra. Era o que eu fazia, eu fazia isso já há uns oito anos.

    (08:25:57) Lukas!: Juninho, é verdade que você fez aulas de guitarra com o Steve Vai?

    (08:34:54) Oficina G3: Lukas!, não, essa é nova, hein? (risos)

    (08:26:31) Eric vasconcelos: mesmo com 20 anos de carreira, vocês ainda sentem frio na hora de subir no palco?

    (08:36:12) Oficina G3: Eric vasconcelos, Juninho: eu disfarço bem. Mas quando o Mauro fica nervoso ele esquece a letra e começa a cantar o hino... (risos) Tem uns caras que são tão desligados... Todo mundo sabe que o Flamengo ganhou no domingo, né? Bom, o Mauro estava em Angra dos Reis e só tinha flamenguista e ele diz "só estou vendo gente de branco e preto" e a torcida é rubro-negra! Tomou uma vaia, né? (risos)

    (08:31:03) Hinessa: Alguma coisa mudou depois que vocês ganharam o Grammy ? Como tem reagido o público depois da premiação ?

    (08:42:24) Oficina G3: Hinessa, Juninho: não sei! (risos) Aumentaram programas, a mídia quer entrar em contato, abrir mais portas... Eu acho que ajuda. Estamos vendo muitos eventos, mas acredito que em 2010 mais coisas devem acontecer, já recebmos muitos convites para shows inclusive fora do país, mas não vamos falar ainda pois não temos nada confirmado.

    (08:36:21) Oficina G3: cantam e tocam "Continuar".

    (08:31:55) Moderadora UOL:

    Capa do álbum "Depois da Guerra", vencedor do Grammy Latino 2009 de "Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa", da banda Oficina G3 (Crédito: Divulgação)

    (08:33:19) Daniel.Souza: Juninho, você que é o mais antigo na banda, como foi presenciar tantas transições no G3 e como elas influenciaram o som que vocês fazem hoje?

    (08:43:51) Oficina G3: Daniel.Souza, toda mudança não é uma coisa muito fácil. É a mesma coisa de uma casa, em que você está estabelecido, e muda. A mudança pode trazer coisas boas e pode trazer desafios. A própria entrada do Mauro foi um desafio. Nós tínhamos um trabalho novo, não sabíamos qual seria o resultado. O Mauro ia para Dublin e largou tudo, ele teve muitas mudanças na vida dele. As mudanças foram boas, mas foram difíceis. Hoje eu posso dizer para você que o Oficina G3 está muito satisfeito com o som da banda. As mudanças principais no som da banda tem a ver com a época, procuramos estar atualizados. Três da banda tem quinze anos juntos e o som muda para atualizarmos.

    (08:35:12) leo_fLk: Vocês ouvem rock cristão internacional? Tipo hillsong united, third day, etc... ?

    (08:45:02) Oficina G3: leo_fLk, opa! Red, Sweet Foot... Tem várias!

    (08:37:40) Fehh: Juninho, podemos ter esperança em um CD instrumental? abraço

    (08:46:01) Oficina G3: Fehh, Juninho: eu já tive muita esperança em lançar um trabalho instrumental e ultimamente eu quero sim, mas o Oficina G3 toma 110% do tempo da gente. Não consigo arranjar tempo para produzir coisas do jeito que eu queria produzir. Mas a esperança ainda existe!

    (08:43:22) dani: fui a uma apresentaçao de vcs ,e vi q os jovens faziam aquele sinal com as maos !!!q simboliza o rock ,vcs corcordam com isso já q esse simbolo significa algo do mal?qual ponto de vista de vcs

    (08:47:27) Oficina G3: dani, existem duas formas de fazer o sinal. Nós não temos nada a ver com o diabo e ninguém impõe a mudança em ninguém. Se essa pessoa realmente entender tudo o que estamos fazendo ela entenda que este sinal não tem nada a ver, mas nós não vamos impor isso para ninguém. As pessoas podem se entender, se animar e dançar sem isso!

    (08:45:42) Moderadora UOL:

    Juninho Afran (guitarra), Jean Carllos (teclado), Mauro Henrique (voz) e Duca Tambasco (baixo), do Oficina G3, grupo de rock gospel (Crédito: Divulgação)

    (08:45:08) BetoTempus: De naves imperiais até "Meus próprios meios", O que mudou na música gospel?..

    (08:48:40) Oficina G3: BetoTempus, estamos mais velhos. Mauro: menos eu! (risos) Juninho: eu acho que houve uma mudança de som por conta da época e das atualizações. Mudaram nossas visões também. Muitas letras são diretas como "Naves" e o que mudou foi a roupagem das músicas.

    (08:46:04) Diego_SCR: Qual é a música, que não pode faltar num show de vocês?

    (08:50:00) Oficina G3: Diego_SCR, "Humanos" não pode faltar! (cantam um trecho)

    (08:47:28) TataZinhaa: Qual foi maior declaraçao de um fa que vcs ja ganharam ?

    (08:49:37) Oficina G3: TataZinhaa, a melhor coisa é quando você ouve alguém que nem te conhece dizer que ouviu nossa música e sentiu que Deus poderia mudar sua vida. Existem casos de pessoas que iriam se matar, estavam no fundo do poço... Não há dinheiro no mundo que possa pagar isso.

    (08:48:58) cristão católico: A paz,gostaria de saber porque o PG saiu da banda,e como é o relacionamento do Oficina como ele?

    (08:52:03) Oficina G3: cristão católico, um alô para toda a galera da católica e da carismática que estão sempre nos nossos shows e ficamos felizes com a presença de vocês também aqui no chat! O PG quis ter a carreira solo dele e ele quis sair. Na época não era o que a gente queria, ficamos bem chateados, mas está tudo bem! Mauro: tiramos foto com ele semana passada no Rio de Janeiro, foi bem legal. Juninho: é como uma ex-namorada, você comprimenta e tudo mais, mas não tem mais aquela intimidade que tinha antes. (risos)

    (08:50:11) Bernardo: Juninho, você se sente falta de assumir os vocais nos shows?

    (08:52:49) Oficina G3: Bernardo, não, mas eu canto ainda. Eu gosto de cantar. Eu fiquei como vocal depois da saída do PG, mas quando conhecemos o Maurão passei esse papel para ele.

    (08:52:03) Patrick_IEQ_LPJ: vcs estão pensando em gravar outro clipe?

    (08:53:10) Oficina G3: Patrick_IEQ_LPJ, sim, certeza. E quanto estiver pronto, mandamos aqui para o UOL!

    (08:52:28) Renato: como é a rotina dos ensaios de vocês??

    (08:54:29) Oficina G3: Renato, nós ensaiamos para a turnê e depois que saímos para a turnê, já era! A gente vai descobrindo muitas coisas no show.

    (08:52:51) LucianDrummer: que conselho vcs dão para as bandas que estão começando e pretendem um dia tocar no mesmo palco que vcs?

    (08:56:24) Oficina G3: LucianDrummer, correr atrás do seu sonho envolve muitas coisas! Se você quer ter uma banda, você precisa estudar. Você tem que pagar o preço. Todo mundo que você vê na mídia estudou muito e ficou muitas horas em cima do instrumento. Estude com professores, você aprende muito mais rápido. No Brasil as pessoas gostam de ser auto-didatas, mas é muito legal ter um mestre, estudar numa escola, num conservatório. Seja verdadeiro no que você está fazendo. A banda pode ser seu meio de ganhar dinheiro, mas não pense apenas nisso, mostre a verdade em você.

    (08:53:50) Flavinha_SP: Eu só queria dar um alô, sou da igreja do Juninho, prima do Cezinha. Viva o twitter! PARABENS PESSOAL!!!!!!!!!

    (08:54:01) RENATO_CEVA: E ai moçada,estamos com muitas saudades hem,,por aqui embora foi como um furacão,foi bom de mais,,,um abraço dos fãs e amigos ,,,Da C.E.V.A KIKUGAWA JAPÃO

    (08:54:21) Ruiva: tenho todos os albuns de vcs, sou evangelica e curto mt o rock....tenho vcs como referencia...Deus os abençõe!!

    (08:54:34) Bebela: Olha, quero dizer à vcs que Deus é muito honrado por todo sacrificío feito por ele... A música de vcs tem tocado no coração de muitos!

    (08:56:21) NelsinhoGuerra: O trabalho de Vocês me deixa confiante no futuro da música cristã contemporânea!

    (08:59:14) Oficina G3: Eu vou dizer uma coisa! A melhor parte disso tudo é que nestes vinte anos de estrada a gente conseguiu agregar não só fãs, mas amigos. Consideramos essa galera como amigos, porque passamos muitos momentos bons e difíceis também e essa galera está sempre com a gente. Quero agradecer em nome do Oficina G3 esse presente que vocês nos dão. Agradecemos o carinho de vocês e cada palavra que vocês dão para a gente.

    (09:00:36) Oficina G3: Eu quero agradecer a Priscila, à galera do UOL pelo espaço, que Deus abençoe vocês pela iniciativa. Obrigada pelo tempo que vocês disponibilizaram para estar com a gente. Fiquem ligado no nosso site: www.oficinag3.com.br e no nosso myspace: http://myspace.com/oficinag3 e o youtube: http://youtube.com/oficinag3oficial. No twitter, procure também: @oficina_g3.

    (09:00:49) Oficina G3: Cantam e tocam "Incondicional".

    (09:01:39) Moderadora UOL: O Bate-papo UOL agradece a presença dos integrantes do Oficina G3 e de todos os internautas. Até o próximo!
    Hospedagem: UOL Host