UOL Bate-papo

  • pessoas online
  • 7.577 salas abertas
  • 378.850 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Marco Iten - 08/08/2002 às 21h00

Marco Iten, especializado em marketing político

O jornalista Marco Iten, especializado em consultoria política, analisou o processo da campanha eleitoral, principais erros, mudanças na legislação eleitoral e uso da internet na campanha 2002

 (21:15:58) Marco Iten: Quero dar meu boa noite aos internautas e dizer que estou a disposição para trocar idéias sobre marketing político e falar um pouco do atual quadro eleitoral e tentar desvendar um pouco dessa atividade


 (21:15:58) Marcelo fala para Marco Iten: Boa noite, quais são os princiapis erros dos candidatos nessa época de eleiçoes?


 (21:18:39) Marco Iten: Marcelo - Um campanha eleitoral começa com um bom planejamento de campanha, que se dá normalmente com um ano de antecedência quando os primeiros cenários políticos devem ser traçados. O planejamento é o primeiro passo, quanto maior o planejamento menor a possibilidade de erro. É bom notarmos que o cenário da campanha presidencial já mostra certas falhas. A primeira é que os candidatos estão padronizando sua imagem, postura e conceitos sobre economia e aaspectos sociais. Estamos assistindo uma


 (21:19:17) Alana fala para Marco Iten: Vc acha q. os candidatos ainda tem alguma coisa de nova para apresentar?


 (21:19:58) Marco Iten: Marcelo - uma padronização, que torna os candidatos inditintos. Os candidatos tentam medir a opinião pública sem correr nenhum risco


 (21:21:22) Joelmir fala para Marco Iten: como o sr analisou o ultimo debate na band:


 (21:22:21) Marco Iten: Alana Por favor tente citar um dado mais específico. No caso da campanha presidencial, os candidatos estão guardando suas novidades para agora depois do dia 20 quando começa o horário eleitoral gratuito, que deverá mostrar posturas dos candidatos mais polarizada. Sua questão talvez se prenda na forma, na ação do marketing político. Neste campo teremos inclusive mais ações pela internet que serão usadas nas campanhas de governador e senador dos vários partidos...


 (21:23:43) Crazy!!!! H fala para Marco Iten: Vc acha que a rede de televisão dominante ainda continua manipulando os eleitores assim como manipulava no eleição da década de 90 (quando F C de Mello venceu a eleição)?


 (21:25:04) Marco Iten: Joelmir O debate foio bom, de um nível razoável e deu para que distinguissimos cada um dos candidatos nesse momento. O Garotinho foi um franco atirador, uma vez que entre todos os candidatos é o com menor base eleitoral, com pouco dinheiro para campanha etc.. O Serra vivendo seu dilema de ser o candidato do governo e ao mesmo tempo tentando ser diferenciar, uma vez que ele tem críticas à própria base governamental. O Ciro teve contra ele o seu discurso homogeneo e com várias contradições, como


 (21:26:19) Marco Iten: Joelmir o fato de se dizer fundador do PSDB e ex-ministro. O Lula se ressente de apresentar um discurso deslocado, mais conservador. Então o debatge foi o termometro do que irá ser mostrado quando iniciar o horário gratuito


 (21:28:12) OiE fala para Marco Iten: O que vc achou do debate na Band, quem saiu mais vantajoso???


 (21:28:12) Marco Iten: Crazy!!!! H Eu acho que o desgaste que houve da rede Globo foi de tal forma forte, que eles revisaram aquela atitude para agora, que fez a Globo abrir mais espaço para os candidatos. Mas de certa forma a proliferação dos meios de comunicação diminiu um pouco o poder da Globo


 (21:28:49) Demônio fala para Marco Iten: O que vc acha do Duda na campanha do Lula? Vc acha que isso pode virar o jogo pro Lula que é um candidato que tem um considerável índice de rejeição?


 (21:29:17) Marco Iten: OiE Eu vejo que o programa de televisão tem um objetivo em relação ao telespectador: reforçar para cada eleitor seu candidato preferido


 (21:29:53) OiE fala para Marco Iten: Vc acha que com a entrada da propraganda eleitoral gratuita, vc acha que algum candidato sobe ou cai?????


 (21:30:59) Marco Iten: Demônio O Lula tem um índice de rejeição expressivo, principalmente entre os público feminino, mas reduzido em relação às outras eleições. Mas a atuação do Duda, mudando este quadro, não dá para avaliar ainda corretamente como a estratégia de campanha irá trabalhar o índice de rejeição


 (21:31:04) Joelmir fala para Marco Iten: o sr identifica alguma caracteristica do sr siro gomes com collor de mello


 (21:33:17) Marco Iten: OiE - Estou convencido de que o cenário atual irá ser radicalmente alterado. Primeiro movimento, Serra tem mais do que o dobro do tempo; segundo fator é que as campanhas ainda não foram para as ruas, nem dos deputados, governadores e senadores. Esta eleição será de explosão com impacto de imagem, propaganda e assédio ao eleitor concentrado em um espaço curto de tempo


 (21:33:21) DiDinho pergunta para Marco Iten: porque o Ciro vem crescendo tanto?


 (21:35:11) Marco Iten: Joelmir Eu identifico sim, o temperamento é uma característica que está sendo verificada. Em um debate na UnB um aluno questionou o Ciro e ele pediu que o microfone fosse retirado do rapaz. Segundo é a base de aliados na campanha, como políticos como Rogerio Magri (ex-ministro Collor) e Antonio Carlos Magalhães entre outros aliados


 (21:36:35) rubens fala para Marco Iten: mas essa imagem light do Lula nao pode ser considerada uma ENGANACAO????? como eh possivel que ele se apresenta com ternos de Ricardo Almeida, sua mulher vestindo Daslu, sua filha estudando na Europa ele morando no Morumbi e, alem de tudo, ele querendo passar por educado, gentil, com um sorriso tao falso que da ate azia.......


 (21:37:53) Marco Iten: DiDinho O Ciro cresceu em cima de uma ação planejada no limite do tempo possível que os partidos têm direito e que foram veiculados no primeiro semestre do ano. Os partidos que apoiam o Ciro o PDT, PPS, e PTB concentraram o uso de espaço na televisão , com limite final do tempo. Ou seja concentraram em curto espaço de tempo as mensagens, o que valorizou a imagem do Ciro, chamando mais atenção a apresentação do candidato, mais ainda o instrumento que é o uso da imagem de Patrícia Pillar


 (21:39:41) Guilherme fala para Marco Iten: Pelo fato de o Serra ter escolhido uma mulher para vice , aumentaria as chances dele??


 (21:40:57) Marco Iten: rubens - Eu diria que nós vamos acompanhar nas primeiras semanas com maior impacto este imagem produzida. Até para o candidato, para o Duda e para o partido essa é uma imagem assumida que deve ter sido debatida no planejamento da campanha, quais os riscos e ebenefícios envolvidos


 (21:42:16) OiE fala para Marco Iten: Vc achou a atitude do Garotinho antiética, no debate da band??


 (21:42:19) Marco Iten: Guilherme É um ponto positivo, uma vez que a mulher tem uma aceitação muito positiva, os partidos é que nãop reagem a isso, uma vez que eos partidos não cumprem a meta de cotas para vagas eletivas de mulheres nos partidos.


 (21:42:51) Crazy!!!! H fala para Marco Iten: Vc acha que o envolvimento do promultor de propagandas de Ciro Gomes com PCFaria teve uma má repercussão em sua candidatura???


 (21:43:23) Marco Iten: OiE - Eu vi que o Garotinho tem neste instante este papel de franco atirador, que lhe dá mídia e o destaca, com essa atitude mais agressiva é o marketing compensatório dele em um momento de baixa


 (21:43:56) Douglas fala para Marco Iten: Vc acha que o Lula só esta em primeiro porque já foi candidato a presidencia ?????


 (21:45:33) Marco Iten: Crazy!!!! H Se a citação é a ´presença do Martinez isso terá um peso na aceitação ou na credibilidade dele. Eu acredito que este tema ainda não foi resolvido, os adversários farão uso deste dado, até mesmo os pronunciamentos que o Collor vem fazendo, funcionará como uma bomba relógio na campanha do Ciro, são fatos que ficarão carikmbados em sua carreira política


 (21:46:06) LAVRAS MG fala para Marco Iten: O MILAGRE QUE O DUDA FEZ COM O MALUF, VC ACHA QUE FARÁ COM O LULA?


 (21:47:19) Marco Iten: Douglas Este é um questionamento que sempre se faz O Lula sempre dispara nas campanhas porque sua imagem está associado à oposição, mas como tempo isso vai se diluindo, porque o decorre de uma campanha desmistifica algumas posturas e mudadm o quadro e a memória inicial do eleitor que simpatizava com a oposição muda.


 (21:48:15) Lucas Skywalker fala para Marco Iten: Ciro com o apoio de ACM,Collor,Brizzola,e Roberto Freire ! não e um prato cheio para os adversario começar a bater e sua queda seria eminente?


 (21:49:19) Marco Iten: LAVRAS MG A afirmação não é correta. Duda trabalhou a imagem do Maluf ao longo de várias campanhas, mudando vários aspectos do Maluf: trocu óculos, mudou dicção, reafirmou o tocador de3 obras, tirou a imagem do Maluf e colocou a imagem das obras. Então o que aconteceu no projeto de campanha do Maluf com o Duda foi uma estratégia de longo prazo que introduziu várias mnudanças ao longo do tempo


 (21:50:27) LILI fala para Marco Iten: O Ciro Gomes usou a imagem da Patricia Pillar, seria favorável para os outros candidatos presidênciais usarem imagens de outras atrizes????


 (21:51:18) Marco Iten: Lucas Skywalker Concordo plenamente com você. O cenário de apoio será uma vidraça para os adversários jogarem pedras. O básico do candidato se chama credibilidade e coerência. Essa composição de aliados tão diversos provocará arranhões em sua campanha futuramente


 (21:52:12) Marco Iten: LILI O apoio de atrizes e de pessoas notórias é comum em qualquer campanha eleitoral. Vale usar oi bom senso e autenticidade para ganhar a confiança do eleitorado


 (21:52:28) DiDinho pergunta para Marco Iten: como um eleitor deve escolher seu candidato?


 (21:53:28) Marco Iten: DiDinho Há necessidade de o eleitor ter empatia pelos princípios que o candidato vem defendendo é preciso confiança também e uma análise do passado do candidato


 (21:53:29) Demônio fala para Marco Iten: Aproveitando a pergunta do Douglas... como vc vê o eleitor de hoje? Ou seja, o que as pesquisas indicam sobre o eleitor brasileiro de 2002?


 (21:55:10) Marco Iten: Demônio Vou responder em duas partes. Eu vejo o eleitor muito mais informado do processo político brasileiro. A outra parte é que o eleitor está muito mais indeciso do que esteve em eleições anteriores e isso é mais um jotivo que veremos mudanças profundas no cenário das preferências eleitorais.


 (21:55:22) LILI fala para Marco Iten: você mesmo flou que os debates e entrevistas são ensaiadas, como os candidatos presidenciais podem ensaiar, se eu assistí um debate do assintente do Ciro, e ví que era como esse, como pode ter ensaio, sendo que eles nem sabem quais são as pergunta, e dão respostas brilhantes???


 (21:57:53) Marco Iten: LILI A preparação de um debate eleitoral exige a presença do candidato simulando o debate onde se projetam perguntas das mais diferentes e agressivas sobre os temas que a própria campanha entende como sendo os pontos fracos. Daí você gera um ambiente que o candidato esteja preparado e ensaiado para responder à bateria de críticas


 (21:59:26) Paulo fala para Marco Iten: É boa estratégia para o Serra colar na imagem de FHC para se vincular melhor como o candidato do governo?


 (22:02:08) Marco Iten: Paulo - Esta talvez seja a pergunta que todos se fazem, porque temos a dúvida sobre o que é positivo ou negativo do governo Fernando Henrique face a sociedade. O tempo que o Serra dispõe dá a ele vantagem para apresentar os feitos do governo, apresentar plano de governo e rebater as críticas lançadas contra ele. Assim ele pode atacar, propor e se defender,tendo tempo para as principais ações que na TV podem ser explorados podem colocá-lo no segundo turno.


 (22:04:58) Marco Iten: Quero agradecer os internautas e apresentar meu livro Eleição - Vença a Sua que tem o objetivo de apresentar os conceitos do marketing político e desmistificar alguns poontos sobre campanhas políticas. Mais informações no site http://www.marcoiten.com que aceita pedidos de compra pelo correio. Obrigado pela atenção de todos e um grande abraço aos internautas plugados. O marketing político usado para o bem é ótimo


 (22:06:37) Selecionador UOL: O Bate-papo UOL agradece a presença de Marco Iten.

Produtos UOL
Antivírus
Backup
Assistência Técnica