UOL Bate-papo

  • pessoas online
  • 7.577 salas abertas
  • 378.850 lugares

Bate-papo com convidados

BATE-PAPO COM Ricardo Freire - 25/06/2002 s 19h00

Ricardo Freire, jornalista

Colaborador da revista Viagem e Turismo, Ricardo Freire relatou para os internautas sua viagem no trem mais famoso do planeta, o Orient-Express.

(19:04:58) Ricardo Freire: Boa noite! Embarquem suas perguntas e boa viagem


(19:05:39) DOUGLAS fala para Marcio Ishikawa: O Q E MELHOR O BRASIL OU O MUNDO?


(19:09:06) Ricardo Freire: Douglas, cada lugar tem seu encanto. Mas um pecado conhecer s o Exterior quando a gente tem tanta coisa bonita por aqui. O ideal ir variando l e c, aproveitando a alta e a baixa das moedas...


(19:09:10) Tito fala para Ricardo Freire: ricardo boa noite. esse trem doido anda por onde?


(19:10:52) Ricardo Freire: Tito, o Orient-Express o mais antigo trem de luxo do mundo. Originalmente ele ia de Paris a Istambul. Hoje ele faz principalmente a rota Paris-Veneza. Uma vez por ano ele continua indo a Istambul, e quatro vezes por ano vai de Veneza a Praga -- que foi o trecho que eu fiz.


(19:11:05) Guilherme fala para Ricardo Freire: Boa Noite. Bom gostaria de saber como o trem mais famoso do mundo, o que tem de tanto luxo nele de diferente dos outros, conte as novidades da revista Viagem e Turismo


(19:13:38) Ricardo Freire: Guilherme, o Orient-Express funciona em vages antigos, do sculo passado ou do incio do sculo, restaurados nos trinques. Todos os vages tm valetes para transportar as malas de mo dos passageiros e fazer o servio dos quartos. O vago-restaurante tem piano e serve refeies requintadssimas, com porcelana de Limoges, talheres de prata e copos de cristal. As pessoas se produzem como se fossem a um rveillon...


(19:13:50) Hanna fala para Ricardo Freire: Ricardo, Boa Noite !!! Gostaria de saber o que vc acha a respeito de patrocinio para dar a volta ao mundo?


(19:14:33) Ricardo Freire: Hanna, acho uma tima idia. Se voc conhecer algum que esteja a fim de patrocinar uma viagem de volta ao mundo, me conte porque eu estou precisando ;-)


(19:14:38) Dieizo fala para Ricardo Freire: vc pode me dizer tanto custa uma viajem pelo mundo todo em todos paises e conhecer todas capitais e com carro com motorista pessoas que trabusa e etc completa ?????????????


(19:15:59) Ricardo Freire: Dieizo, uma viagem de volta ao mundo passando por todos os pases no tem a mnima graa. L pelo quarto fica tudo igual e voc no d mais valor a nada...


(19:16:06) DOUGLAS fala para Ricardo Freire: EXISTE ALGUN TIP[O DE BOATE DENTRO DO TREM COM MULHERES A DISPOSICAO E BEBIDAS E BAILES?


(19:16:07) DOUGLAS fala para Ricardo Freire: E SALOM DE JOGOS OCM CARTEADOS COISAS DO GENERO?


(19:17:42) Ricardo Freire: Douglas, o Orient-Express procurado principalmente por casais em segunda lua-de-mel. Um pessoal com uma certa idade, posio e um pouco de grana para jogar fora. Existe um vago-bar com piano que funciona durante toda a viagem. Se voc quiser jogar cartas ou xadrez, pode.


(19:17:47) Paula fala para Ricardo Freire: Ricardo: Como comeou a idia de ir viajar no Expresso do Oriente?


(19:19:46) Ricardo Freire: Paula, a curiosidade compulsiva um trao de personalidade dos turistas profissionais. Sempre quis fazer essa viagem, para ter o gostinho de como era o transporte ferrovirio no tempo dos bacanas e da Agatha Christie (lembra? Ela escreveu Assassinato no Orient-Express, aumentando ainda mais a aura mitolgica desse trem). Da, quando pintou a oportunidade -- a comemorao de 15 anos de casamento -- no deu para resistir...


(19:19:52) Guilherme fala para Ricardo Freire: Muito bom, gostaria de conhecer voc falou que ele anda pela Frana ?


(19:20:43) Ricardo Freire: Guilherme, ele sai de Paris e atravessa os Alpes em direo a Veneza. Eu no fiz esse trecho, mas a paisagem deve realmente ficar bonita a partir da regio alpina.


(19:20:48) DOUGLAS fala para Ricardo Freire: VC FAZ IDEIA DE QUANTAS PESSOAS PODEM VIAJAR AO MESMO TEMPO?


(19:21:31) Ricardo Freire: Douglas, quando eu viajei havia 4 vages de passageiros, com 15 cabines cada. Devia haver, ento, 120 pessoas a bordo.


(19:21:53) Mrcio Rilk fala para Ricardo Freire: o que aconteceu de melhor e de pior na viagem amigo!


(19:23:14) Ricardo Freire: Mrcio, a melhor coisa da viagem foi ver tanta gente de longo e smoking (eu estava s de terno...) brincando de festa-baile. O pior foi dormir num beliche apertado e no poder tomar banho (as cabines tm pia e gua quente, mas no tm chuveiro).


(19:23:33) Carlos Felipe fala para Ricardo Freire: Vc recomendaria aos seus amigos uma Viagem pelo Oriente-Express, qual foi a melhor parte da viagem pelo Orient-Express


(19:24:47) Ricardo Freire: Carlos Felipe, eu s recomendaria esta viagem para quem j viajou bastante e procura uma emoo diferente. No vale a pena gastar uma fortuna e desperdiar a sua primeira viagem de trem com tanta ostentao.


(19:25:07) Paula fala para Ricardo Freire: Vc podia navegar na internet?


(19:25:48) Ricardo Freire: No, Paula, no havia cybercaf a bordo. O Orient-Express deliciosamente old-fashioned, e faz questo de permanecer assim.


(19:25:54) Tito fala para Ricardo Freire: que tipo de comida servida no orient-express?


(19:27:37) Ricardo Freire: Tito, a comida francesa, com um peixe de entrada e uma carne ou um pato de prato principal. O servio de restaurante chique, com matre, sommelier e garons, tudo com todas as mesuras e salamaleques a que voc tem direito. O caf da manh simplesinho (croissant, suco de laranja, caf com leite, gelia), mas servido na cabine, com direito a um vasinho de flor natural.


(19:27:41) DOUGLAS fala para Ricardo Freire: IAMGINAVA BEM MAIS POREM ROLA AQUELE AMBIENTE FAMILIAR OU AQUELE INDIVIDUALIS DE NAO FALAR COM ESTRANHOS?


(19:28:43) Ricardo Freire: Douglas, os casais mais reservados ficam na deles, os mais expansivos fazem amizades e conversam a noite inteira. Mas no rola nada do que a sua cabecinha suja est imaginando...


(19:28:47) Paula fala para Ricardo Freire: Quanto tempo durou a sua viagem?


(19:30:04) Ricardo Freire: 20 horas, de Veneza a Praga. Havia passageiros que tinham embarcado em Paris e j estavam viajando h 24 horas. Eu no recomendo passar mais do que uma noite seguida no trem, devido falta de chuveiro! No final, acaba sendo como a montanha russa: uma voltinha j serve para marcar para o resto da vida, no precisa repetir.


(19:30:26) Paula fala para Ricardo Freire: Tenho 16 anos. Tem alguma idade mnima para viajar?


(19:31:09) Ricardo Freire: No, Paula, no existe idade mnima para viajar. Mas seu pai no pagaria uma viagem para voc no Orient-Express...


(19:31:17) amandinha fala para Ricardo Freire: qual parte da viagem q mais te emocionou?


(19:33:02) Ricardo Freire: Amandinha, o trecho que eu fiz (Veneza-Praga) no dos mais emocionantes em termos de paisagem, j que o trem parte de Veneza ao anoitecer e a gente s v por onde o trem passa depois do caf da manh, em Viena, quando ento o trem passa por um trecho sem interesse at Praga. O mais emocionante, nesse meu itinerrio, foi o que aconteceu dentro do trem mesmo, a frescura e os salamaleques e o clima de festa.


(19:33:19) Mrcio Rilk fala para Ricardo Freire: o que vc mudaria?se vc for uma nova viagem!


(19:34:13) Ricardo Freire: Mrcio Rilk, se eu viajasse de novo nesse trem eu alugaria um smoking para ficar mais no clima.


(19:34:20) jane fala para Ricardo Freire: Oi, Voc acha que ainda hoje existe aquele glamour que esta viagem representava quando nos tempos de Agata Christie?


(19:36:21) Ricardo Freire: Jane, o glamour existe (resiste...), mas no mais natural; fabricado. Todo mundo sabe que est ali numa espcie de festa fantasia. Os realmente ricos e chiques no fazem essa viagem -- a vida social deles j assim na vida real.


(19:36:35) Paula fala para Ricardo Freire: Quanto fica a viagem, mais ou menos?


(19:37:20) Ricardo Freire: Paula, o trecho mais barato (esse que eu fiz) sai 1.250 dlares por pessoa, dividindo uma cabine. A viagem de Paris a Istambul sai 3.000 dlares por cabea...


(19:37:31) amandinha fala para Ricardo Freire: no um pouco desconfortavel a viagem?


(19:38:10) Ricardo Freire: Amandinha, na hora de dormir (e de acordar...) desconfortvel, sim. Mas no vago-bar e no vago-restaurante uma delcia, voc mal percebe que est deslizando nos trilhos.


(19:38:18) Paula fala para Ricardo Freire: Vc repetiria essa viagem?


(19:38:45) Ricardo Freire: Paula, como te falei, acho muito caro para repetir. Uma vez s est mais do que bom.


(19:39:00) Mrcio Rilk fala para Ricardo Freire: o que vc jamais esquecer dessa viagem?


(19:39:49) Ricardo Freire: A sensao de ter ido pelo jeito mais glamuroso de um lugar mtico (Veneza) para uma cidade mgica (Praga).


(19:40:00) Paula fala para Ricardo Freire: Vc j leu " Assassinato no Expresso do Oriente", n? O que vc achou real, segundo Agatha Cristie e o que vc pensa e diz" Isso fico?"


(19:41:23) Ricardo Freire: Paula, Agatha Christie tinha o dom de fazer brotar situaes policiais em ambientes habitados/freqentados por criaturas verossmeis. O Orient-Express era um timo cenrio para sua trama.


(19:41:49) amandinha fala para Ricardo Freire: a tripulao do trem era simptica ou fresca?


(19:42:15) Ricardo Freire: Amandinha, eram todos muito simpticos. At porque todos querem uma gorjetinha no final...


(19:42:31) Mrcio Rilk fala para Ricardo Freire: depois de conhecer varios lugares,existe lugar melhor que o Brasil?


(19:43:20) Ricardo Freire: Mrcio Rilk, eu no conheo lugar do mundo mais encantador que o Rio de Janeiro. Mas adoro poder comparar. Quanto mais eu viajo ao Exterior, mais eu valorizo o que temos de bacana no Brasil.


(19:43:27) Paula fala para Ricardo Freire: Realmente, meu pai no bancaria uma viagem dessa pra mim...


(19:44:35) Ricardo Freire: Paula, veja pelo lado bom: quando voc pedir para o seu pai pagar qualquer viagem para voc e ele achar caro, voc conta quanto custa uma noite no Orient-Express e ento qualquer coisa fica de graa!


(19:44:43) manoel fala para Ricardo Freire: o que te marcou dessa viagem


(19:45:41) Ricardo Freire: Manuel, o que me marcou nessa viagem foi mergulhar, mesmo que de mentirinha, no mundo luxuoso dos viajantes do fim do sculo 19, incio do sculo 20.


(19:45:45) amandinha fala para Ricardo Freire: j assisti um docmentrio num canal pago e vi q o trem um espetculo, mas vale a pena?


(19:46:24) Ricardo Freire: Amandinha, s vale a pena para comemorar alguma coisa muito especial -- no meu caso, 15 anos de casamento. Seno, jogar um dinheiro fora.


(19:46:28) Paula fala para Ricardo Freire: Muito legal essa sua resposta, Ricardo. Acho que podemos viajar pra conhecer outros pases, mas nunca desvalorizar o que nosso!!


(19:47:19) Ricardo Freire: Paula, cada lugar tem sua beleza e seu charme. O que a gente no deve tentar achar o Exterior no Brasil, ou procurar o que gostamos do Brasil no Exterior.


(19:47:23) Mrcio Rilk fala para Ricardo Freire: tinha muitas gatas no trem?


(19:48:12) Ricardo Freire: Mrcio Rilk, os mais jovens no trem ramos ns. (Eu tenho 39 anos.) Se voc gosta da terceira idade, ia adorar...


(19:48:17) Julio fala para Ricardo Freire: Vc q escreve a coluna xonga monga????????


(19:48:44) Ricardo Freire: Julio, sim, sou eu que escreve Xongas, 2a., 4a. e 6a. no Jornal da Tarde.


(19:48:56) Julio fala para Ricardo Freire: Os brasileiros no exterior ainda sofrem preconceitos????


(19:49:47) Ricardo Freire: Julio, o emigrante brasileiro sofre preconceito, sim, mas o turista bem recebido -- desde que no seja inconveniente, claro. Mas o turista inconveniente, no importa sua nacionalidade, sempre vai ser malvisto.


(19:49:56) Julio fala para Ricardo Freire: Valeu eu gosto muito da coluna!!!!


(19:50:03) Tito fala para Ricardo Freire: existe alguma outra viagem de trem que vale a pena?


(19:50:22) Ricardo Freire: Blz, Julio! Obrigado pela audincia.


(19:52:15) Ricardo Freire: Tito, tima pergunta. Existem vrias viagens bacanas de trem ao redor do mundo, muito mais baratas que o Orient-Express. Na Sua, por exemplo, existe o Glacier Express, que vai de Zermatt a St-Moritz durante o dia, cruzando as mais estonteantes paisagens alpinas, por 80 dlares. Outro trem extremamente cnico o que vai pelas montanhas rochosas do Canad. Aqui no Brasil funciona um lindo trem entre Curitiba e Paranagu, costeando a Serra do Mar, com uma parada na cidade histrica de Morretes.


(19:52:30) amandinha fala para Ricardo Freire: de todos os lugares no exterior q vc j foi, qualo mais extraordinrio?


(19:53:58) Ricardo Freire: Amandinha, das cidades clssicas da Europa eu gosto mais de Paris e Praga. No departamento extico. Bli o mximo; Hani, no Vietn, uma gracinh; os templos do Angkor Wat, no Camboja, me marcaram mais do que a Acrpole de Atenas.


(19:54:06) Tito fala para Ricardo Freire: ja andei na litorina de paranagua... muito bonito l..


(19:54:41) Ricardo Freire: Tito, pra voc ver: eu ainda no andei na Litorina! (Que vergonha!)


(19:55:00) manoel fala para Ricardo Freire: isso custou quanto e se valeu a pena


(19:55:35) Ricardo Freire: Manoel, custou 2.500 verdinhas para o casal; valeu a pena, mas eu s recomendo em comemoraes muito especiais, para quem j viajou de tudo quanto jeito...


(19:55:51) Tito fala para Ricardo Freire: nao deixe de conhecer, ento!


(19:55:57) Anjo Grego ^^ fala para Ricardo Freire: Ricardo sou do Cear e pergunto para vc se gostou de Fortaleza e suas belas dunas. sou Gleydson


(19:56:47) Ricardo Freire: Gleydson, gosto muito de Fortaleza mas no sou f de andar de bugue em duna, no. Emoo demais pra minha pobre coluna cervical...


(19:58:19) Ricardo Freire: Pessoal, foi um prazer ter vocs a bordo. Querendo saber mais sobre minhas viagens, entrem no meu site superjurssico http://www.viajenaviagem.com.br ou comprem meu guia de praias, o Freires (editora Mandarim, 45 destinos, 284 praias, 470 pousadas comentadas!) Valeu! Fui!


(19:58:29) Selecionadora Viagem: Ricardo Freire e a revista Viagem e Turismo agradecem a participao de todos. Esperamos vocs no prximo bate-papo

Produtos UOL
Antivrus
Backup
Assistncia Tcnica